Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Publicidade

NAS ESCOLAS 🧉

Em clima de Enart, estudantes praticam a dança através do projeto Heróis Farroupilhas

Estudantes da Emef Santuário estão entre os participantes do projeto Heróis Farroupilhas | Foto: Elemir Polese/Divulgação

A poucos dias do Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart), que vai ocorrer entre 24 e 26 de novembro, em Santa Cruz do Sul, o clima tradicionalista no município já está se espalhando em espaços que vão muito além dos tablados dos CTGs. A prefeitura, através da Secretaria de Educação, desenvolve o projeto Heróis Farroupilhas, que tem como objetivo levar para os educandários um pouco dos costumes e hábitos gaúchos.

Os encontros acontecem no turno inverso ao da aula e atualmente contemplam mais de 100 alunos, de sete instituições de ensino, tanto da cidade quanto do interior. De acordo com o coordenador do projeto, Andrei Barboza, nas atividades são desenvolvidas atividades como dança, declamação e canto. “Esta iniciativa tem o propósito de transmitir aos estudantes, além da cultura gaúcha, os ideais tradicionalistas, ideais farroupilhas, que estão na bandeira do Rio Grande do Sul, a liberdade, a igualdade e a humanidade, valores tão importantes para qualquer comunidade. Por este resgate o projeto se chama Heróis Farroupilhas”, explicou.

LEIA TAMBÉM: Enart 2023: CTG Felipe Portinho estreia na Força A neste ano

Publicidade

Ainda segundo ele, para participar, os estudantes não precisam dispor de indumentária gaúcha, como bombacha ou vestido de prenda. Nas sextas-feiras, o projeto acontece na Escola Municipal Santuário e 16 alunos são contemplados. Participante do projeto, Nívea Isabel dos Santos, de 13 anos, apaixonou-se pela atividade. “Eu gosto porque a gente aprende um pouco mais sobre a cultura gaúcha, e a dança, principalmente, além de ser uma atividade física, traz saúde e novas amizades pra gente”, disse. Já o garoto Michael de Oliveira, de 12 anos, fala dos benefícios da dança. “Depois que eu danço, meu corpo fica cansado, mas minha cabeça fica feliz, é uma sensação boa”, declarou.

LEIA TAMBÉM: Enart 2023: campeão da inter de Sarandi busca classificação inédita para a finalíssima

Considerando-se veterana no tradicionalismo, a estudante Lara Limberger Schulz, de apenas 13 anos, participa em CTG desde a primeira infância. “Eu fico feliz que mais crianças queiram aprender, assim como eu aprendi. É muito bom a gente honrar a nossa cultura gaúcha, e é uma coisa que traz alegria, é muito bom”, declarou.

Publicidade

O secretário de Educação, Wagner Machado, afirma que ações como esta, no contraturno escolar, são essenciais. “A prefeita Helena sempre defende que a criança e o adolescente devem ter oportunidades para que não fiquem ociosas no turno inverso ao da escola. E este projeto, além de acolher mais de uma centena de alunos, tem uma proposta de aprendizado e de formação de caráter, acima de tudo”, disse.

Além da Emef Santuário, também são atendidas no projeto as escolas Félix Hoppe, Rio Branco, Guilherme Hildebrand, Duque de Caxias, Harmonia e Guilherme Simonis.

LEIA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO PORTAL GAZ

Publicidade

Chegou a newsletter do Gaz! 🤩 Tudo que vocêprecisa saber direto no seu e-mail. Conteúdo exclusivo e confiável sobre Santa Cruz e região. É gratuito. Inscreva-se agora no link » cutt.ly/newsletter-do-Gaz 💙

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.