Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

PROJETO

Escola de Linha Santa Cruz adotará modelo de educação humanizada

Sala Estelarte é espaço dedicado aos trabalhos manuais dos estudantes, que poderão explorar suas diferentes potencialidades

Morando há 16 anos fora do Brasil, a santa-cruzense Tatiana Aline Möhler desenvolve projeto com metodologia de educação mais humanizada para a Escola Piá, de Linha Santa Cruz. Ela é co-fundadora da The Hyouman, no Sudeste Asiático, e entende que pode auxiliar a instituição do local onde nasceu. As mudanças vão desde o nome até a forma como ocorre o aprendizado.

“Vendo uma foto de vários anos e a de hoje, a única coisa que muda é que uma é em preto e branco e outra em cor. No entanto, a máquina fotográfica evolui, mas a maneira como os alunos aprendem continua sendo a mesma”, compara Tatiana. Ela reforça que a Educação Infantil costuma ser um espaço dedicado a brincadeiras, mas que muitas funcionam como creche, sem aprendizado. “Não cultivam a independência, a curiosidade, as coisas que formam a base do aluno, que têm um reflexo na vida adulta deles”, acrescenta.

LEIA TAMBÉM: FOTOS: novo espaço da Emef Vidal de Negreiros atrai a atenção dos estudantes

Professora, acredita que entre as dificuldades da educação estão a comunicação e o entendimento do papel do docente em sala de aula. “Parar na frente dos alunos e regurgitar as informações? Ele tem que incentivar a análise crítica, habilidades que não se tem como memorizar. Com todas as informações que temos, os alunos não aceitam mais só o que o professor fala. Tem que ter fundamento”, reforça.

Diante dessa realidade, contatou a diretora Adriane Waechter para a implementação do projeto diferenciado, que começa com a realização de workshops para profissionais da educação e para os pais. A aceitação foi positiva, mesmo significando grande mudança no cotidiano. “Fora do Brasil encontro mais resistência, porque a Indonésia (local onde está instalada) tem a cultura acadêmica, que é sentar e colocar no papel”, conta.

Tatiana e Adriane assinam o contrato de parceria para a implantação do projeto na escola

LEIA TAMBÉM:

Além do trabalho com a divulgação da ideia e o incentivo à adaptação ao novo método, a comunidade escolar também passará a contar com uma biblioteca para os pais e orientação sobre como a educação humanizada pode ser aplicada em casa. Isso não acarretará em um aumento do investimento para as famílias. Tatiana atenta que deve ser feito o reajuste anual de forma tradicional. A escola, que mudará o nome de Piá para ABCéu – Daqui até o céu, o início para o mundo, também não terá custo, pois o trabalho da professora é voluntário. “Faço sem nenhum fim lucrativo, porque é para ajudar o meu bairro, o bairro que está no meu coração”, explica.

Mudanças

Os trabalhos, como reuniões com pais e professores, já começaram. Muitas empresas se envolveram dentre elas a Makallu, BCuatro, Pens & Struecker Assessoria Juridica, e Samara Gularte Arquitetura. A nova fachada e as mudanças internas, além de outros workshops, muitos a distância, porque Tatiana terá voltado para a Indonésia, serão vistos a partir de fevereiro.

Profissionais da área de marketing e arquitetura foram acionados para transformar a identificação visual da instituição de ensino, adequando-se ao novo perfil montado a partir do trabalho desenvolvido pela professora, que aponta uma série de questionamentos relacionados ao estímulo ao aprendizado e desenvolvimento dos estudantes.

LEIA MAIS: Retrospectiva 2021: ano foi de desafios e mudanças na educação

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.