Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

RIO PARDO

Evento para valorizar o patrimônio histórico

Foto: Alencar da Rosa

Solar Almirante, prédio mais antigo em Rio Pardo, integra roteiro pelo centro histórico

A cidade mais antiga da região vai receber, no próximo domingo, 29, um evento de valorização do patrimônio histórico, arquitetônico e urbanístico. A 30 quilômetros de Santa Cruz do Sul, Rio Pardo tem sua história intimamente ligada à formação do Estado, dando origem a mais de 200 municípios. A rica arquitetura colonial do município motivou a realização do evento Arquitetura de Rio Pardo: Patrimônio Urbano e Rural.

A presidente da Associação de Amigos do Solar do Almirante de Rio Pardo (Aasa), Patricia Boeira da Fontoura, explica que o evento é voltado a todos os profissionais ligados ao restauro, como historiadores e fotógrafos e, principalmente, arquitetos e urbanistas, além de estudantes e comunidade em geral. Os interessados em participar devem se inscrever antecipadamente. As vagas são gratuitas e limitadas. Haverá ônibus que partirá do Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz, às 9 horas.

LEIA TAMBÉM: Caminhada orientada terá foco na arquitetura de Rio Pardo

Segundo Patrícia, a atividade foi pensada com o objetivo de orientar a população para a importância de preservar o patrimônio histórico de Rio Pardo de forma sustentável, ressaltando sua beleza, história e particularidades. “Apresentar aos participantes diversas construções de importância arquitetônica contando sua história, buscando conscientizar sobre a preservação, bem como fazer um paralelo com as construções de Portugal e formas de preservação realizadas por lá”, diz Patrícia. 

O encontro terá início com duas palestras no auditório do Centro Regional de Cultura. A primeira, Rio Pardo e patrimônio histórico, às 10 horas, será ministrada pelo professor da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) Luiz Schneider e pela arquiteta e urbanista Vera Schulze. Às 10h30, o professor Hugo Lopes Farias, da faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, ministra A valorização do patrimônio arquitetônico e urbanístico. Às 11 horas ocorrerá uma visita guiada no Centro Regional de Cultura, prédio do Colégio Militar.  

LEIA TAMBÉM: Gincana abre os festejos de 63 anos do município

Já à tarde, às 13h30, haverá uma caminhada orientada pelo Centro Histórico. O roteiro contempla a Igreja São Francisco, Solar do Almirante, Casa Livre (Casa Raupp), Casa Atelier (Julia Koch), Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário e Rua da Ladeira (da Matriz à Rua Andrade Neves). Às 16 horas acontece uma visita à Fazenda Santa Victória, orientada pelos proprietários Maurício e Daniela Fontoura Domingues. 

Também são organizadores do evento o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU-RS), o curso de Arquitetura e Urbanismo da Unisc e a Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos de Santa Cruz do Sul (Seasc).

Saiba mais

Inscrições

As atividades, tanto as palestras como o roteiro guiado, serão limitadas a apenas 30 pessoas. Por isso, a presidente da Aasa ressalta a importância da inscrição antecipada. Os interessados podem se inscrever pelo telefone/WhatsApp da Seasc, no (51) 99356 9280. 

Serviço

  • O quê: Arquitetura de Rio Pardo: Patrimônio Urbano e Rural
  • Quando: domingo
  • Horário: das 10 horas  às 11h30 – palestras; 13h30 – caminhada pelo Centro Histórico; 16 horas – visita guiada à Fazenda Santa Victória
  • Inscrições: pelo telefone/WhatsApp (51) 99356 9280
  • Valor: gratuitas

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE RIO PARDO E REGIÃO

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.