Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Espaço nostalgia

FOTOS: uma coleção com gosto de Nescau

Foto: Alencar da Rosa

César Machado com parte de sua incrível coleção de latas, que tiveram formas, usos e temáticas diferentes ao longo dos anos

Olá! Na edição anterior, o Espaço Nostalgia lançou um desafio aos leitores. Que eles ajudassem a definir, em votação por e-mail ou por mensagem de WhatsApp, o tema da próxima seção, no caso, a desta quarta-feira, 17. E eis que os participantes elegeram o tema das latas de Nescau! Que, assim, se tornam o assunto central de nossa edição de número 20, para nossa imensa alegria.

E a escolha não é casual. Poucos itens de consumo se tornaram tão onipresentes nos lares brasileiros quanto o achocolatado Nescau. Gerações e gerações, desde a década de 1930, foram criadas saboreando essa bebida, obtida a partir do cacau.


E, como era de se esperar, tendo em vista que o público-alvo potencial do Nescau era a garotada, a Nestlé, detentora da marca, não perdeu a oportunidade de lançar vários colecionáveis associados a esse produto. Das latas com diferentes motivos e temáticas às promoções, muitas surpresas e atrações envolviam a garotada, como mostramos nesta edição.

E lembramos ainda do Märklin, um brinquedo alemão; do pega-moscas e de uma superpromoção da Omo que distribuía gibis. Temos muito a recordar, nessa vigésima viagem. Venha conosco!

LEIA MAIS: FOTOS E VÍDEO: eletricista coleciona facas desde 1998

1 Colecionismo

Desta vez, vou apresentar uma coleção que você de casa escolheu, ou melhor, decidiu! Foi nos moldes do programa de televisão Você Decide, exibido pela Globo entre 1992 e 2000, que espelhamos esta edição. Para cada episódio, os telespectadores, através de votações via telefone, escolhiam o final. Bem, na nossa pesquisa, você decidiu por conhecer a coleção de latas de Nescau.

O achocolatado Nescau é uma marca pertencente à Nestlé e foi criada em 1932 com o nome Nescáo. Seu nome é resultado da fusão das palavras Nestlé e Cacáo, como era escrita a palavra cacau na época. Em 1954, aproveitando as alterações ortográficas vigentes no Brasil, o nome foi mudado para Nescau, para evitar confusão, pois as pessoas liam equivocadamente o acento agudo de Nescáo, como Nescão.


Já eu comecei minha coleção ainda criança. São inúmeras latas e promoções, mas as de que mais gosto e foram o aperitivo para a disputa: aquelas com temas do Asterix, do Obelix e do Peter Pan, promoção lançada na década de 1980. Vinha estampada na lata uma charge do personagem, e de todas meu xodó é aquela que leva o meu nome, César. Além dessas latas de Nescau, a Nestlé lançou muitas outras promoções, com temas florais, cofrinhos e superpromoções.

Mas elas não ficaram só nas décadas passadas. Até hoje a empresa continua sempre lançando latas maravilhosas. Das tantas que possuo, vale destacar as da história do Nescau, da seleção brasileira, dos personagens Disney, dos atletas, uma promoção em parceria com o aniversário do Walmart e a finalíssima, os times da NBA, com uma superlata adicional do campeão Toronto.

LEIA MAIS: FOTOS: os guardanapos de papel colecionados por César Machado

2 Pega-moscas

Hoje, vamos revelar como nossas avós pegavam moscas. O utensílio mais parecia um vasinho, ou até mesmo um adorno de decoração. Mas de inofensivo não tinha nada, pelo menos para as moscas. A armadilha funcionava com açúcar (ou mel) e água com sabão. Quando entravam dentro do vidrinho, pelo furo na parte de baixo, elas não conseguiam mais sair e se afogavam na água.

LEIA MAIS: Santa-cruzense apresenta acervo que reúne camisas de clubes de futebol

Os insetos entravam pelo furo na parte de baixo e caíam na água

3 Meu brinquedo alemão

Seguindo as regras de distanciamento, o engenheiro Paulo Cesar Schmaedecke nos enviou fotos e nos contou um pouco sobre um brinque- que o marcou não só na infância, mas para a vida toda. Era década de 1950. Seu pai, médico em Venâncio Aires, tinha um primo em Porto Alegre que era portador de diabetes. A família passava por dificuldades financeiras e o primo estava muito debilitado, devido ao agravamento da doença mal tratada. O pai, sabendo disso, foi visitá-los e, querendo prestar alguma ajuda, comprou do primo, para Paulo Cesar, um brinquedo alemão.

Chamava-se Märklin, e era construído por um conjunto de peças metálicas. Com ele, podia-se montar centenas de brinquedos: guindastes, caminhões, moinhos etc., tudo que viesse à imaginação. Recebeu esse presente quando tinha 6 anos de idade. Aquilo instigou sua imaginação e habilidade mecânica. Passava horas montando e desmontando os brinquedos. Hoje, diz ter certeza de que foi por causa do Märklin que decidiu fazer engenharia, ao invés de medicina, como todos na família esperavam que ele viesse a fazer.

LEIA MAIS: FOTOS: rio-pardense coleciona carteiras de cigarros desde 1961

4 Omo com direito a gibi para curtir uma leitura

No final da década de 1970, a Omo lançou uma superpromoção em parceria com a Editora Abril. Ao comprar uma caixa de Omo, junto com a embalagem você encontrava uma edição especial de Pato Donald, Zé Carioca, Tio Patinhas e Mickey.

No início da década de 1980, a promoção voltou. Porém, desta vez você recortava o selo no topo da caixa e podia trocá-lo em qualquer banca por um de quatro gibis. As revistinhas eram de Pato Donald, Zé Carioca, Luluzinha ou Bolinha.

LEIA MAIS: FOTOS: os quase 50 modelos de videogames colecionados por Roberto

CONTATO DA LEITORA

Quem nos mandou uma mensagem dizendo que ainda guarda seus brinquedos de infância é a santa-cruzense Émerli Andréa Möhler. Ela nos envia imagens das Fofoletes, tema de nossa mais recente edição, e também da Gui-Gui, que apareceu em nossa primeira edição do Espaço Nostalgia! Eis uma agradável contribuição!

A leitora Émerli Möhler escreveu para nos dizer que ainda guarda com carinho dois brinquedos que fizeram parte de sua infância, as Fofoletes (abaixo) e a boneca QuiQui, que citamos em nossa primeira edição

Contribua

Para participar da nossa coluna, você pode remeter e-mail para [email protected] ou enviar Whats para (51) 99606 3507. Assim você nos conta de qual quadro quer participar, com sugestões.

LEIA MAIS: FOTOS: uma viagem pelo mundo por meio de placas

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.