Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Cinema

Indicado ao Oscar, 1917 entra em cartaz em Santa Cruz

Foto: Divulgação

O filme de guerra 1917 foi a grande surpresa na premiação do Globo de Ouro este ano, quando venceu na categoria de melhor drama – desbancando títulos com maior favoritismo, como Coringa e O Irlandês – e ainda melhor diretor, para Sam Mendes. Pouco depois, tornou-se um dos nove indicados na categoria principal do Oscar, com entrega marcada para 9 de fevereiro. Agora o público santa-cruzense poderá conferir os méritos do longa, que estreia nesta quinta-feira no Cine Max Shopping Germânia, em apenas um horário, às 21 horas, e legendado (Confira a programação dos cinemas na página Passatempo).

Para o Oscar, 1917 foi indicado às estatuetas de Filme, Direção, Roteiro Original, Fotografia, Efeitos Visuais, Maquiagem, Desenho de Produção, Mixagem de Som, Edição de Som e Trilha Original. O longa chama atenção sobretudo pela forma como usa a técnica dos planos-sequência: dá a impressão de ter sido filmado em uma só tomada, sem cortes. Tal recurso faz o público mergulhar, da forma mais realista possível, no ambiente da Primeira Guerra Mundial.

A história é simples e eficiente. Dois soldados britânicos, Schofield (George MacKay) e Blake (Dean-Charles Chapman), têm a missão de cruzar as linhas inimigas e entregar uma mensagem que pode impedir o massacre de milhares de soldados. O espectador acompanha cada passo de sua jornada.
O britânico Sam Mendes já dirigiu Beleza Americana, vencedor do Oscar em 2000, e de sucessos como Estrada para Perdição, com Tom Hanks, e 007 – Operação Skyfall.

As outras estreias da semana são Bad Boys para Sempre, terceiro filme da série policial com Will Smith e Martin Lawrence; e o terror Os Órfãos. No primeiro, Marcus (Lawrence) agora é um inspetor e Mike (Smith) enfrenta uma crise de meia-idade. A dupla tem de se juntar novamente quando um mercenário albanês, cujo irmão foi capturado por eles, promete vingança justamente quando eles estão prestes a se aposentar.

Já em Os Órfãos, Kate (Mackenzie Davis) é uma jovem professora contratada para trabalhar como governanta na mansão de um homem rico. Nessa casa, localizada nos arredores de Londres, vivem também Flora e Miles, sobrinhos órfãos de seu patrão. No entanto, ela logo percebe que existem outros moradores no local, não necessariamente vivos.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.