Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Tunas

Jovem é preso suspeito de matar os pais e a irmã em incêndio

Foto: Brigada Militar

Casa ficava na localidade de Rincão dos Tocos

Um jovem de 23 anos foi preso na manhã deste domingo, 14, suspeito de provocar um incêndio em Tunas na última sexta-feira, 12. Na casa foram encontrados três corpos carbonizados, do pai, da mãe e da irmã do suspeito. As vítimas foram identificadas como Adão Antunes dos Santos, de 66 anos, Marlene Schoeninger, de 43, e Jamile Schoeninger dos Santos, de 1 ano e 4 meses.

Conforme a delegada Alessandra Xavier de Siqueira, o jovem foi preso temporariamente pela Polícia Civil quando chegava, de táxi, para o enterro das vítimas. O caso aconteceu na casa onde os quatro moravam, na localidade de Rincão dos Tocos.

Segundo a delegada, o suspeito jogou óleo diesel em volta da casa para provocar as chamas. “Há a possibilidade de ele ter matado o homem (pai dele) antes, com disparo de arma de fogo”, comentou Alessandra. Depois, o rapaz teria espalhado o óleo no local e ateado fogo na residência. “Encontramos resíduos pelo local e cheiro forte de óleo diesel”, disse a delegada.

De acordo com Alessandra, testemunhas ainda disseram ter visto o jovem após o incêndio em uma boate, e que ele estaria exalando cheiro de óleo diesel. Os corpos da mulher e da criança foram encontrados no banheiro, que estava trancado. O suspeito está sendo ouvido pela Polícia Civil. Conforme Alessandra, ainda não há informações sobre a motivação para o crime, mas há indícios de que tenha sido por dinheiro.

LEIA MAIS: Incêndio mata três pessoas no interior de Tunas

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.