Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

COPA DO BRASIL

Galo fica no empate e Joinville segue adiante

Foto: Vinicius Schubert/FCSC

Foi por pouco. O Santa Cruz fez um bom jogo contra o Joinville, mas o empate sem gols no Estádio dos Plátanos nesta quarta-feira, 17, deu a vaga na próxima fase da Copa do Brasil para os visitantes. O Galo jogou o segundo tempo com um atleta a mais, já que o volante Banguelê, do Joinville foi expulso no intervalo por discutir com um companheiro de time e quase sair em vias de fato. Mas o bom time do JEC, vice-líder do Campeonato Catarinense, soube segurar o resultado de 0 a 0 para passar para a fase seguinte.

PRIMEIRO TEMPO

Jogando em casa, o Santa Cruz se impôs contra o Joinville. Com a velocidade de Fogaça e Laion pelas alas, e o experiente Nena centralizado, o Galo foi melhor no primeiro tempo e teve pelo menos duas grandes chances de abrir o placar. Já aos dois minutos, Laion pegou um rebote da defesa após lançamento pra área e chutou pro gol, obrigando o goleiro Fabian Volpi a espalmar pra escanteio.

Aos 29 minutos, Laion invadiu a área pela direita e driblou o defensor, e acabou derrubado com um toque por baixo. O juiz paraibano Leandro Bizzio Marinho não teve dúvidas em apitar a penalidade, mas a jogada foi anulada em virtude de um impedimento marcado pelo auxiliar.

Fogaça recebeu uma bola na área aos 35 minutos após cruzamento da esquerda, o atacante se jogou para cabecear na pequena área, mas a bola quicou no chão e saiu por cima do travessão.

No fim do primeiro tempo, o Joinville ficou com um homem a menos. Após o apito do árbitro para o intervalo, os jogadores do time visitante, Banguelê e Diego troaram empurrões e discutiram no gramado. A arbitragem mostrou cartão vermelho direto para o volante Banguelê.

SEGUNDO TEMPO

Mesmo com um jogador menos, o Joinville se postou bem defensivamente e não dava espaços para o ataque do Galo.

O empate dava a classificação para o time visitante, e o Joinville jogou com o regulamento, cadenciando o jogo e deixando o tempo passar.

Foram poucas as chances de gol no segundo tempo. O Santa Cruz assustou apenas na reta final. Aos 42 minutos, o goleiro Fabian Volpi, que é primo do goleiro do São Paulo, Tiago Volpi, formado no Santa Cruz, voou pra fazer a defesa do chute do volante Thomaz.

Aos 48, foi a vez do goleiro Luiz Carlos salvar o Santa Cruz em um chute de Thiago Santos, que tentou colocar no ângulo.

No último lance da partida, o atacante Pepeto foi derrubado na entrada da área, e o Joinville teve mais um expulso na partida, o zagueiro Charles.

Após muita reclamação do Joinville, o zagueiro Diego Rocha cobrou a falta na barreira, e a partida terminou empatada em 0 a 0. Com o resultado, o Joinville se classifica para pegar o Atlético Goianiense, que eliminou o Galvez, do Acre, com uma vitória por 3 a 1 também na quarta-feira, 17.

O Santa Cruz se prepara agora para a terceira divisão do Campeonato Gaúcho, que deve iniciar na metade de Abril.

FICHA TÉCNICA
COPA DO BRASIL
SANTA CRUZ 0X0 JOINVILLE

Data e horário: Quarta-feira, 17 de março, 20h
Local: Estádio dos Plátanos, Santa Cruz do Sul-RS
Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, com Schumacher Marques Gomes e Ruan Neres Souza de Queiros (PB)
Quarto árbitro: Anderson da Silveira Farias (RS)
Cartão amarelo: David, Benhur, Pepeto, Thomaz (Santa Cruz); Fabian Volpi (Joinville)
Cartão vermelho: Banguelê, Charles (Joinville)
Gols: 

SANTA CRUZ
Luiz Carlos; Ramon, Luís Henrique, Diego Rocha e Otávio; David (Thomaz), Benhur (Mauricio), Laion, Chiquinho (Pepeto); Fogaça (Robinho), Nena
Técnico: William Campos

JOINVILLE
Fabian Volpi; Edson Ratinho, Fernando, Charles, Renan; Banguelê, Davi Lopes, Luquinhas (Paulo Victor), Diego (Diogo Santos). Alison Mira (Thiago Santos) e Gustavo Ermel (Jaques)
Técnico (interino): Felipe Sampaio

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.