Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

PANDEMIA

Moradores reclamam das aglomerações na Marechal Floriano

Moradores da Rua Marechal Floriano, no centro de Santa Cruz do Sul, vêm contatando a Gazeta do Sul com frequência, para reclamar do barulho e das aglomerações nos bares e pubs daquela região. Conforme uma moradora que preferiu não se identificar, mesas e cadeiras são colocadas nas calçadas e uma grande quantidade de pessoas se reúne nos estabelecimentos. Muitas delas não utilizam máscara nem respeitam o distanciamento.

Outra reclamação diz respeito ao som alto, que acaba atrapalhando o sossego no entorno. Conforme a Portaria 390/2021 da Secretaria Estadual da Saúde, emitida em agosto, bares, pubs, restaurantes e similares podem operar com 100% da capacidade prevista no Plano de Prevenção e Combate a Incêndio (PPCI), mas devem respeitar o distanciamento de dois metros entre as mesas e todos os clientes devem permanecer sentados, com grupos de, no máximo, oito pessoas por mesa.

LEIA MAIS: Festa clandestina é flagrada pela Brigada Militar em Passo do Sobrado

Em relação ao barulho, a portaria especifica que é permitida a música ambiente e também ao vivo, com limite de cinco músicos. No entanto, o volume não pode ser alto a ponto de dificultar a comunicação entre os clientes. A máscara pode ser retirada para consumo de alimentos e bebidas, mas deve ser utilizada corretamente pelos clientes que não estejam consumindo ou quando estes saem das mesas e se deslocam pelas demais áreas do estabelecimento.

A abertura de pistas de dança e similares, bem como a permanência de clientes em pé, continua proibida. O horário de funcionamento é limitado das 6 horas à meia-noite, com tolerância de uma hora para saída dos clientes e higienização do local. Em ambientes públicos como a Avenida do Imigrante – também motivo de frequentes reclamações –, os protocolos permanecem válidos e cabe ao poder público coibir as aglomerações.

Onde denunciar

Conforme a Prefeitura de Santa Cruz do Sul, denúncias sobre desrespeito aos protocolos de segurança da Covid-19 em estabelecimentos comerciais devem ser feitas à Vigilância Sanitária pelo telefone 9 2001 4138 (também WhatsApp), até a meia-noite. Já aglomerações e demais infrações em locais públicos, como ruas, praças, parques e loteamentos, devem ser denunciadas para a Guarda Municipal pelo telefone 153 ou pelo 9 9505 3516 (também WhatsApp). Depois da meia-noite, todo tipo de denúncia deve ser feito para a Guarda Municipal.

LEIA MAIS: Amvarp aprova flexibilizações em competições esportivas; veja quais são

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.