Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

operação COPA LIVRE

MP denuncia prefeito afastado de Canoas e outros 16 por fraudes contra o poder público

Foto: Tiago Coutinho/MPRS

O Ministério Público do Rio Grande do Sul, por meio da Procuradoria da Função Penal Originária, apresentou nesta terça-feira, 5, denúncia contra o prefeito afastado de Canoas e outras 16 pessoas, entre agentes públicos e empresários, pela prática de crimes como corrupção (ativa e passiva), lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e peculato, cometidos entre 2020 e 2021, relacionados à dispensa de licitação e contratos para prestação de serviços terceirizados de limpeza e copeiragem.

LEIA TAMBÉM: Operação investiga desvio de recursos na administração de Canoas; prefeito é afastado

Conforme a denúncia, assinada pelo coordenador da Procuradoria da Função Penal Originária, Ricardo Felix Herbstrith, e pelo promotor de Justiça Marcelo Dossena Lopes dos Santos, em razão da promessa e do recebimento das vantagens indevidas, o prefeito afastado de Canoas, violou os princípios que regem a Administração Pública, notadamente da moralidade, legalidade, impessoalidade, probidade e isonomia. “Esta é a primeira denúncia ofertada, sendo que as investigações prosseguem em relação a outros fatos”, ressalta o procurador Ricardo Herbstrith.

LEIA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO PORTAL GAZ

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!


Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.