Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Câmara

Nasário Bohnen ingressa com projeto para tornar língua alemã patrimônio cultural

O vereador suplente do Progressistas, Nasário Eliseu Bohnen, ingressou esta semana com projeto de lei na Câmara de Vereadores para tornar a língua alemã como patrimônio cultural municipal de Santa Cruz do Sul. A iniciativa, segundo Bohnen, é uma forma de preservar e valorizar a via de expressão dos imigrantes alemães, que povoaram Santa Cruz do Sul.

Pelo projeto de lei, o Poder Executivo fica autorizado a promover ações e parcerias com instituições e organismos locais, regionais, nacionais e internacionais, a fim de viabilizar pesquisas, projetos, campanhas, entre outros, relativos à língua alemã e, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, da Secretaria Municipal de Educação e de outros órgãos da administração municipal, a criar grupos de estudos e de trabalhos, para viabilizar programação regular e continuada de ações e atividades a serem desenvolvidas junto às escolas das áreas urbana e rural do Município.

Na justificativa, Nasário Bohnen destaca que a criação de uma lei municipal constitui uma forma de marcar, em caráter oficial, em 2019, os 170 anos decorridos deste a chegada das primeiras famílias de imigrantes alemães, o que ocorreu aos 19 de dezembro de 1949, às quais se juntaram, ao longo dos anos seguintes, inúmeros outros imigrantes alemães.

“A efetivação da Língua Alemã, como Patrimônio Cultural, ensejará ao Poder Público municipal e a suas diversas instâncias, em especial à Secretaria Municipal de Cultura, a idealizar, fomentar e promover ações e parcerias, com instituições e organizações locais, regionais, nacionais e internacionais, a fim de incentivar, estimular e fomentar estudos, pesquisas, projetos e campanhas de resgate da língua, dos dialetos e das variações anteriormente, e ainda hoje, falados”, observa Nasário.

Segundo ele, as ações e os trabalhos de valorização da Língua Alemã, em Santa Cruz do Sul, devem envolver ainda aproximação, integração, intercâmbio, parcerias e trocas de experiência com outros municípios do Rio Grande do Sul e do Brasil, que já tenham ações e programas direcionados ao mesmo fim. Neste sentido, deve também ser incentiva a busca de intercâmbio entre o Poder Público municipal e as instituições da Alemanha, e de outras nações, para fomentar a importância do estudo e da prática da Língua Alemã, em consonância com a valorização da demais línguas existentes em seu território, num momento de reciprocidade e de auxílio mútuo de regate e de memória. 

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.