Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Sucesso

No primeiro fim de semana, Festa do Peixe supera 20 mil visitantes

Foto: Alencar da Rosa

Alaminuta é um dos pratos mais pedidos

Somente no primeiro fim de semana de festa, a 25ª edição da Feira do Peixe já superou a marca de 20 mil visitantes. O evento começou na sexta-feira, 31, e segue até o próximo dia 9 na Praia dos Ingazeiros, em Rio Pardo. O dado foi divulgado pelo secretário de Turismo e Cultura, Júlio Cesar Granada da Silva, no começo da tarde deste domingo, 2. “Ou seja, esse número deve ser ainda maior quando fecharmos a noite”, comemorou.

Ele acredita que o tempo bom e algumas mudanças na estrutura do local colaboraram para receber pessoas de Rio Pardo e região. “Um dos exemplos foi o nosso espaço para shows. Antes ficava na frente dos bares e impedia que as pessoas pudessem ver o rio enquanto aproveitavam a gastronomia. Agora, colocado para o lado, melhorou a visão.” O secretário lembra que nem a queda de luz na sexta-feira tirou o ânimo. “O problema já está resolvido e não vai acontecer mais.”

Agora é possível ver o rio quando se aproveita a gastronomia | Foto: Alencar da Rosa

Alaminuta e picadinho são os preferidos

Com restaurante na praia desde 1972, Nelson Santos, de 70 anos, elenca que os pratos preferidos entre os visitantes estão entre a alaminuta e o picadinho, todos tendo o peixe como item principal. “No sábado vendemos cerca de 200 alaminutas. A maioria que passa por aqui é de pessoas que vem da região.”

Exemplo disso é a aposentada Jurema Medeiros, de 62 anos. Moradora do Bairro São João, em Santa Cruz do Sul, ela foi com toda a família aproveitar o evento na tarde deste domingo. Ela diz que visita a festa desde a primeira edição e neste ano já prestigiou os três primeiros dias (sexta, sábado e domingo). “Adoro aqui. Venho para almoçar, jantar, tem um ar puro, a natureza, conseguimos ver o rio. É maravilhoso.”

Na festa, o prato de alaminuta está na base de R$ 30,00 e o de picadinho, R$ 25,00. Além dos tradicionais pratos a base de peixe, para quem não gosta da iguaria, mas quer curtir a festa, tem também espaços com cachorro-quente, churros, xis, entre outros.

Jurema já aproveitou os primeiros três dias de festa | Foto: Alencar da Rosa

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.