Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

FUTURISMO & INOVAÇÃO

O fim da era sem futuro

2020 foi desafiador e 2021 tem se mostrado mais complexo ainda. Não sei se algum dia o mundo foi estável, mas sei que tão instável e imprevisível provavelmente nunca foi. Da era geológica do Holoceno, avançamos para o Antropoceno, a era sem futuro, moldada pelo homem e sem desejos irresponsáveis. Estamos a caminho do Ecoceno, que tem como objetivo um mundo mais sustentável, com harmonia entre as espécies e a natureza. Há cada vez mais vegetarianos e veganos, os produtos orgânicos em alta, a atenção ao descarte do lixo e resíduos aumenta a cada dia, temos migração massiva para uso de energias renováveis e uma clara expansão acelerada da consciência coletiva. Gerações que fizeram muito com quase nada vão dando lugar a gerações corajosas, ousadas e, por que não, de pensamento coletivo avançado.

Tudo nos convida a abraçar a incerteza e considerar novas possibilidades. O planeta em 2050 será irreconhecível. Se imaginarmos a vida daqui a 40 anos, talvez acharemos estranho o que chamamos de normal hoje. Nos ciclos da história, só há evolução. Damos passos para trás ou para o lado às vezes mas, em seguida, saltos quânticos para frente.

Maio é um mês que nos convida a ressignificar o trabalho. Podemos ser felizes com o que fazemos para viver. Enfrentar adversidades é algo necessário para a evolução de nossa espécie.

Muitas pessoas estão inconformadas com a situação do mundo. São pouco resilientes e nada criativas. O futuro exige alta capacidade de adaptação, criatividade, imaginação e potencial de transformação. Mais do que saber coisas, é preciso criar coisas novas todos os dias. A visão de longo prazo nos permite imaginar realidades mais distantes para inventar o que ainda não existe. Este é o trabalho de um futurista profissional. Somos engenheiros antecipatórios de futuros, impossíveis de prever, mas possíveis de antever pois emitem fortes sinais de mudança todos os dias.

Sente-se e olhe 30 anos para frente. Quais são suas possibilidades pessoais de futuro? O que você precisa fazer para responder às mudanças do mundo e criar o futuro que você deseja? Que habilidades você precisa? Pergunte a si mesmo quais as transformações que você pode liderar e como pode manter seu negócio ou serviço da melhor forma possível neste momento, ser capaz de inovar todos os dias e de pensar em algo novo para sair na frente no mercado futuro.

É agora que moldamos em pensamento, em decisões e em ações o futuro que queremos. Se tivéssemos prestado atenção no que estávamos fazendo nas últimas décadas, talvez viveríamos uma realidade diferente nos dias de hoje.

Não menospreze o futuro, ele é nosso único destino. Trabalhe no seu plano de voo, ninguém poderá fazer isto por você. Imagine futuros e assuma o poder de influenciá-lo.

LEIA MAIS COLUNAS DE JAQUELINE WEIGEL

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.