Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Café na Roça

O protagonismo da mulher no meio rural em evidência na região

Dentre os serviços de dona de casa, a agricultora Mirtes Mohr Jeggli, moradora de Vila Mohr, Arroio do Tigre, também se divide entre os cuidados com as netas Amanda e Isabeli, as hortaliças e a preocupação com a família.

Para ela, a agricultura é algo sagrado. Afinal, é da terra que sai o sustento da família há quase 30 anos. Atualmente, são três famílias que dependem basicamente da propriedade de 23 hectares. As principais culturas são o fumo burley e a soja. Em quatro hectares, a família cultiva 60 mil pés de tabaco. A horta fica por conta de Dona Mirtes, que aproveita cada pedacinho de terra.

Além dos cuidados e preocupação com o que vem da lavoura, Mirtes tem uma caminhada na organização de mulheres. É associada à Associação das Agricultoras, que completa 30 anos em 2018.

Ela também já fez parte da diretoria da entidade, por dois anos como vice-presidente e quatro anos como presidente. Também faz parte do Grupo de Trabalhadoras União Faz a Força, de Linha Tigre, e da Sociedade de Damas Independência.

Atualmente, é secretária do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Arroio do Tigre e presenta as agricultoras no Conselho Municipal de Desenvolvimento de Políticas Agrícolas (Condepa).

LEIA MATÉRIA COMPLETA NA GAZETA DA SERRA DESTA TERÇA-FEIRA

 

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.