Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

CULTURA

Orquestra de Câmara da Unisc se apresenta com violonista argentino nesta quarta-feira

Foto: Bruno Pedry/Banco de Imagens

A Orquestra de Câmara da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) vai realizar uma apresentação nesta quarta-feira, 29, para marcar o aniversário de 29 anos da instituição. O concerto será realizado no auditório central da universidade a partir das 20 horas, com entrada gratuita. A regência será do maestro Leandro Schaefer e estará presente como convidado especial o prestigiado violonista argentino Lúcio Yanel.

Em entrevista à Rádio Gazeta, Schaefer explicou que as músicas sempre são escolhidas conforme a proposta e o convidado. Neste caso, Yanel – que também é compositor – já possui um repertório pronto. “Quando entrei em contato, ele me passou todas as partituras. Então, nós ensaiamos a nossa parte primeiro e depois ele veio e houve o ensaio também com o violão.” Ele ainda destacou que, com algumas exceções, os concertos da Orquestra de Câmara da Unisc são sempre gratuitos, pois muitos são custeados pela Lei Rouanet.

LEIA TAMBÉM: Unisc: espaço para a inovação ao lado da comunidade

Em relação ao convidado especial, o maestro o classificou como “um dos músicos mais importantes que já esteve em Santa Cruz do Sul”. Yanel é reconhecido em diversos países por onde já se apresentou. “Para se ter uma ideia, ele foi professor do Yamandu Costa, que é um dos nossos violonistas de maior projeção nacional e internacional.” Venceu o Prêmio Açorianos de música em quatro oportunidades e também recebeu o prêmio Destaque Cultural do Mercosul por obra e trajetória. Teve ainda parcerias de sucesso com músicos como Astor Piazzolla, Mercedes Sosa, Jayme Caetano Braun e Luiz Marenco. “Ele tem um talento para a canção e composição fora do normal, além de ser um autodidata no instrumento. Vale a pena prestigiar a apresentação por tudo o que eu já citei e, além de tudo isso, ele tem uma simpatia fantástica”, completou Schaefer.

Ao comentar sobre o motivo da orquestra da Unisc ser chamada de orquestra de Câmara, ele explicou que se trata de um grupo reduzido de músicos e composto por naipes de cordas. “Câmara era o nome dado ao espaço onde as apresentações ocorriam antigamente, que eram pequenos. Assim, a orquestra também tinha de ser menor.” Os instrumentos são violinos, viola de orquestra, violoncelo e contrabaixo acústico, tocados por 14 integrantes. No caso das sinfônicas (ou filarmônicas), há ainda instrumentos de sopro.

LEIA MAIS SOBRE CULTURA E LAZER

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.