Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Bairro Santa Vitória

Outubro Legal movimenta a Escola Nossa Senhora da Esperança

Foto: Rafaelly Machado

Estudantes da escola tiveram uma merenda especial – lanche com cachorro-quente e suco – e receberam bolas de vôlei e futebol

Nessa quarta-feira, 13, teve início uma programação especial que vai até sexta-feira, 15, na Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora da Esperança, em Santa Cruz do Sul. O educandário, localizado no Bairro Santa Vitória, realiza o Outubro Legal, um conjunto de atividades especiais em função do Dia da Criança e do Dia do Professor. Os 340 alunos serão contemplados com merendas festivas, brincadeiras e presentes, além das atividades em sala de aula.

Na quarta, o dia contou com a visita da corte da Oktoberfest, com a presença das soberanas da Festa da Alegria e também a família de bonecos Fritz, Frida, Max e Milli, nos turnos da manhã e tarde.

De acordo com a orientadora educacional da escola, Maria Lúcia Heidrich, a Lucinha, o Outubro Legal já teve edições anteriores, mas havia sido suspenso no ano passado por conta da pandemia. “Dentro deste mês procuramos contemplar as crianças com atividades diferentes que envolvam lazer, e nesta edição, contamos com muitas parcerias que foram decisivas para que fizéssemos o evento.”

LEIA TAMBÉM: Grupo do Bem entrega lanches e brinquedos para crianças

Os estudantes tiveram uma merenda especial, um lanche com cachorro-quente e suco oferecido pela empresa CityCar, que também presenteou os alunos com bolas de vôlei e futebol. Nesta quinta-feira, 14, haverá brinquedos como camas elásticas e um tobogã inflável que foram locados por meio das empresas parceiras Agrovale e EJS Comercial e Lisete Haeser e amigas. Haverá distribuição de picolés oferecidos pela Geração Materiais para Móveis, e sexta, doação de bombons feita pelos funcionários da empresa BVK Advogados. Para a sexta-feira também está previsto um almoço de confraternização para comemorar o Dia do Professor e o Dia do Funcionário Público.

Para o aluno do 4º ano, Yago Henrique da Silva Vargas, de 10 anos, a programação e o presente foram aprovados. “Foi muito bom. Fizemos cálculos na sala, depois brincamos com os brinquedos lá fora e tiramos fotos”, conta. Além de brincar e fazer o lanche especial, ele ganhou uma bola de futebol que pretende utilizar para brincar com a irmã e também para treinar embaixadinhas.

LEIA TAMBÉM: Crianças do Santuário têm atividade especial no Dia das Crianças

Yago: bola para treinar embaixadinhas | Fotos: Rafaelly Machado

Retomada do vínculo

Esse tipo de atividade é muito importante, segundo a vice-diretora Taíse Soares Zanette. “A gente vem de um período de pandemia. Eles estavam em isolando e estão voltando agora”, explica.

Para a professora, se a programação do Outubro Legal já era importante antes pela valorização da infância e a questão do brincar, agora tem um peso maior ainda, pelo fator emocional. “Nossa preocupação é porque essas crianças estavam em isolamento, então precisam ter esse contato maior, sentir o vínculo com a escola.”

Lucinha e Taíse: atividades são voltadas à valorização da infância | Fotos: Rafaelly Machado

LEIA TAMBÉM: Dia das Crianças atrai famílias para a Festa da Alegria

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.