Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

VATICANO

Papa Francisco reconhece milagre e abre caminho para beatificação de João Paulo I

O papa Francisco reconheceu um milagre atribuído à intercessão de Joao Paulo I, cujo pontificado durou apenas 33 dias. Assim, ele abre caminho à beatificação do Papa que atuou em 1978. Durante audiência ao prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Francisco autorizou a promulgação do decreto relativo ao milagre atribuído a João Paulo I (Albino Luciani), nascido em 17 de outubro de 1912 em Forno di Canale (hoje Canale d`Agordo, Itália) e falecido em 28 de setembro de 1978 no Palácio Apostólico, no Vaticano.

João Paulo I, que ficou conhecido como o “Papa do sorriso”, foi eleito em 26 de agosto de 1978 e morreu inesperadamente 33 dias depois, realizando o pontificado um dos mais curtos da história. O milagre pelo qual Luciani será proclamado bem-aventurado refere-se à cura inexplicável de uma criança argentina que sofria de grave doença cerebral.

A jornalista e vice-postuladora da causa da canonização, Stefania Falasca, anunciou há algumas semanas no jornal religioso Avvenire que o conselho médico que examinou o caso da menina argentina “decidiu por unanimidade que a cura era cientificamente inexplicável”. A causa de canonização de Albino Luciani foi aberta em novembro de 2003, 25 anos após a morte dele, e terminou em novembro de 2017 com o decreto sancionado pelo papa Francisco, que proclamava as virtudes heroicas de João Paulo I.

No fim de novembro de 2017, terminou a investigação diocesana iniciada em 2016 na diocese argentina de Buenos Aires. Ao ser reconhecido o milagre da cura da criança, abre-se o caminho para a beatificação de João Paulo I, faltando apenas aguardar a data que será fixada pelo papa Francisco.

LEIA MAIS: Vaticano inclui crime de pedofilia no Código de Direito Canônico

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.