Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

MARCOS RIVELINO

Preocupação

Na semana passada elogiei, aqui neste espaço, a direção do Avenida na montagem do elenco, principalmente pelas opções de qualidade no banco de reservas. Com a impossibilidade de contar com o centroavante Matheus Silva e o zagueiro Vini Machado, a realidade se mostra diferente. Com lesões e suspensões, o Periquito perdeu o clássico para o Guarani-VA com apenas quatro jogadores de linha no banco de reservas. O momento é difícil e só uma vitória nesta quarta-feira, 22, contra o rebaixado São Gabriel para devolver a tranquilidade. Cansado ou não, está na hora de o Avenida produzir mais e melhor.

Sem rebaixamento

Com exatamente 19 jogos a disputar, o Grêmio, escoltado pela atuação segura na vitória sobre o Flamengo, dá sinais claros de recuperação e não será rebaixado. Se conseguir manter esse nível de entrega, com abnegação coletiva na marcação e razoável aproveitamento ofensivo, o tricolor gaúcho fará um returno bem melhor e deve terminar o Brasileirão na primeira página da classificação. Não se trata de um futebol vistoso, longe disso, mas o bastante para o torcedor sair do sofrimento.

Crescimento

O Inter sofreu muito para vencer o bem organizado e qualificado Fortaleza. Neste momento, vencer um adversário do G-4 é muito representativo. Mas será preciso confirmar a boa fase de resultados, apesar dos desempenhos razoáveis, no jogo contra o Bahia, candidato ao rebaixamento, no domingo. A tarefa de Diego Aguirre é devolver equilíbrio entre os três setores da equipe, para não depender de gols nos acréscimos, como aconteceu diante do Fortaleza, e do protagonismo do goleiro Daniel. Boa semana a todos!

LEIA OUTRAS COLUNAS DE MARCOS RIVELINO

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.