Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Crítica

Quem é o Parasita no fim?

Dos indicados para a categoria de Melhor Filme do Oscar, um longa se destaca. Parasita, filme do diretor coreano Bong Joon-Ho, mistura drama, suspense e mistério em uma crítica social apurada e inteligente em pouco mais de duas horas de projeção. Indicado ainda como Melhor Filme Estrangeiro, Melhor Direção, Roteiro Original, Edição e Design de Produção, já foi indicado a outros 361 prêmios e venceu a cobiçada Palma de Ouro no Festival de Cannes. 

O longa conta a história da família Ki-taek, formada por pai, mãe e dois filhos jovens adultos, todos desempregados e vivendo de pequenos trabalhos informais num porão sujo. O filho recebe um convite de uma rica família para dar aulas de inglês a uma adolescente e acaba levando os membros de sua própria família para trabalhar na casa, enganando os moradores sobre o parentesco entre eles. Fascinados com o luxo burguês, eles fazem de tudo para manter a posição que conquistaram, mas os segredos custam caro às duas famílias. 

A imagem dos núcleos familiares é um espelho grotesco um do outro, ambos formados pelo mesmo número de pais e filhos, e separados tanto geográfica quanto socialmente. Apesar de chamarem a atenção a ganância e preguiça da família mais pobre, que não está disposta a trabalhar duro para sair de sua miséria, é impossível não ser tocado pelo tédio e condescendência que marcam a existência dos Park. O privilégio que emana das paredes de sua mansão tecnológica já se infiltra irremediavelmente na vida dos filhos do casal, e os quatro vivem sem nenhuma consciência do mundo real e das dificuldades dele. 

O panorama, apesar de inspirado na Coreia do Sul, se encaixa facilmente no Brasil e em outros países. Talvez daí venha o grande sucesso do filme em tantos festivais pelo mundo. O longa marca ainda um longo caminho de ascensão da cultura coreana, que figura cada vez mais na música com o K-pop e no streaming com os k-dramas. Para quem gostou da história, a notícia é boa: o diretor já negocia a criação de uma série inspirada na história para a HBO.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.