Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Balneabilidade

Relatório apresenta novos pontos próprios para banho no Estado

Pela terceira semana consecutiva o relatório de balneabilidade divulgado pela Fundação de Proteção Ambiental (Fepam) apresenta redução no número de locais impróprios para banho no Rio Grande do Sul. O relatório, divulgado nesta sexta-feira, 29, demonstra que apenas três dos 83 pontos monitorados, apresentam condições impróprias para banho. Todas as praias de água salgada apresentam condições de banho. 

Foram consideradas impróprias para banho três pontos de água doce. Na região hidrográfica do Guaíba foram consideradas impróprias a praia da Alegria, em Guaíba, e a praia Recanto das Mulatas, em Barra do Ribeiro. Na Lagoa dos Patos, o único ponto improprio é a praia da Barrinha, em São Lourenço do Sul. 

Os dados são divulgados depois de contabilizados os resultados das últimas cinco amostragens, que validam a condição de balneabilidade, de acordo com a Resolução Conama 274/2000. As coletas do Projeto Balneabilidade iniciaram no final na segunda semana de novembro e serão colhidas 16 amostragens, finalizando em 4 de março. Serão monitorados 83 balneários, em 43 municípios, durante o desenrolar do projeto.

As placas que indicam a condição de banho estão instaladas junto aos locais de amostragem. Os pontos monitorados estão assim distribuídos:

– Região Hidrográfica do Guaíba: 14
– Região Hidrográfica do Uruguai: 12
– Região Hidrográfica do Litoral: 57, sendo 33 pontos no Litoral Norte, 19 no Litoral Médio e 5 no Litoral Sul.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.