Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Captação negativa

Saques superam depósitos em abril

Os brasileiros retiraram R$8,246 bilhões a mais do que depositaram na poupança em abril. É o pior resultado para o mês, desde o início da série histórica do BC, em 1995. A captação negativa (mais retiradas que depósitos) se apresenta de janeiro a abril deste ano. O saldo de R$ 32,296 bilhões representa mais retiradas que depósitos  e supera o que foi registrado no primeiro quadrimestre do ano passado. Em 2015, a poupança dos brasileiros estava negativa em R$ 29,081 bilhões.

De janeiro a abril deste ano, a caderneta acumula captação negativa (mais retiradas que depósitos) de R$ 32,296 bilhões. O saldo negativo supera o registrado no primeiro quadrimestre do ano passado. No período, a poupança dos brasileiros estava negativa em R$ 29,081 bilhões.

Saques e depósitos

No mês de abril, saques da poupança somaram R$ 161,5 bilhões. O valor superou os depósitos, que ficaram em R$ 153,2 bilhões. O valor total nas contas ficou em R$640,5 bilhões. A caderneta de poupança está apresentando uma retirada expressiva de recursos, desde janeiro de 2015. De acordo com o Banco Central, isso ocorre por causa do aumento de juros, que torna mais atrativas aplicações em fundos de investimento, e da perda de rentabilidade diante da inflação.

A recessão econômica também contribui para a fuga de recursos da poupança. Por causa da crise e do desemprego, os brasileiros têm menos sobra de dinheiro para aplicar na caderneta e precisam sacar mais recursos para pagar dívidas.

 

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.