Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

investimento

Sede da concessão da RSC-287 pode ficar em Santa Cruz

Foto: Luiz Fernando Bertuol SECOM

Diretor-geral da Sacyr no Brasil, Aquilino Espejo (centro), esteve na Prefeitura de Santa Cruz

Representantes da Sacyr estiveram em Santa Cruz do Sul na manhã desta sexta-feira, 12. Eles fizeram uma visita de cortesia ao vice-prefeito, Elstor Desbessell. O grupo espanhol venceu o leilão para a concessão da RSC-287 e vai administrar a rodovia ao longo dos próximos 30 anos.

Na primeira visita oficial ao município depois da conclusão do edital, o diretor-geral da Sacyr Concessões do Brasil, Aquilino Espejo Martinez, e o gerente de Desenvolvimento de Negócios do consórcio Via Central, Leandro Conterato, entregaram um relatório com desafios, números, resultados e dados do crescimento dos negócios nas diferentes áreas de atuação do grupo. Eles também apresentaram detalhes sobre a presença internacional, atividades desempenhadas, empreendimentos em execução e projetos na área social.

LEIA MAIS: Estado homologa resultado e grupo espanhol assume a RSC-287 em até 90 dias

Diretor da Sacyr foi recebido pelo vice-prefeito, Elstor Desbessell | Foto: Luiz Fernando Bertuol

O responsável pela Sacyr no Brasil comemora o resultado do processo de leilão aberto pelo Governo do Estado. “Ontem [quinta-feira] tivemos a boa notícia da homologação. Já estamos trabalhando na execução do projeto. O primeiro passo é a constituição da sociedade de propósito específico”, salienta Aquilino.

Ele também cita a relevância de Santa Cruz dentro do trecho contemplado com a concessão. “É uma cidade superimportante e que fica quase no meio do trecho. Temos que começar a fazer essa boa relação para integrar pessoas e autoridades no projeto”. Por ser um município estratégico dentro da área de concessão da RSC-287, Aquilino cogita instalar a sede administrativa e operacional na cidade. “Provavelmente vamos ter aqui em Santa Cruz um escritório para dar serviço a todo o projeto”. Cerca de 250 empregos devem ser gerados pela futura concessionária, distribuídos nas estruturas das cinco praças de pedágio que vão funcionar ao longo da rodovia.

Sobre a assinatura do contrato, o representante do grupo Sacyr no Brasil confirma que a tendência é utilizar todo o prazo estabelecido no edital. “Temos que encaminhar todo o trâmite de seguros, garantias, constituição da sociedade e plano de negócios. Com certeza vamos respeitar esse prazo [90 dias úteis] e tentar fazer tudo para que o projeto seja um sucesso”, revela Aquilino.

A tarifa vencedora foi de R$ 3,36 mas deve ser atualizada antes do início da operação. Se isso ocorresse agora, o custo do pedágio seria de R$3,69. A projeção é do secretário extraordinário de parcerias do Governo do Estado, Leonardo Busatto. Apesar de mais alto, o valor ainda é menor que os R$ 7,00 cobrados atualmente pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

LEIA MAIS: 16 perguntas sobre o futuro da RSC-287 – GAZ – Notícias de Santa Cruz do Sul e Região

Grupo que vai administrar a RSC-287 tem sede na Espanha | Foto: Divulgação/Sacyr

O dirigente da Sacyr ressalta que a experiência do grupo em concessões de estradas vai ajudar a aprimorar a RSC-287. “Nós vamos ter o diferencial de uma empresa grande, internacional. Temos 47 ativos com uma rede de rodovias no mundo, com mais de 4 mil quilômetros, e estamos presentes em 24 países. Acho que com todo esse know how internacional, junto com a população e com a comunidade daqui, vamos conseguir integrar uma boa equipe e fazer o melhor”, projeta.

O grupo Sacyr venceu a concessão da RSC-287 por meio de um consórcio, formado pela espanhola Sacyr Concesiones S.L e pela Sacyr Concessões e Participações do Brasil Ltda, chamado de Via Central. Durante entrevista para a Rádio Gazeta, Aquilino Espejo Martinez admitiu que o nome a ser utilizado ainda não foi definido. “É muito provável que vamos mudar o nome. Ainda estamos decidindo”, revelou o diretor-geral da Sacyr Concessões no Brasil.

LEIA TAMBÉM: Governo do Estado publica edital de concessão da RSC-287

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.