Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Repercussão

Tiago Nunes fica satisfeito com desempenho do Grêmio

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Tiago Nunes aprovou desempenho e projeta Gre-Nal disputado no domingo

O técnico Tiago Nunes demonstrou satisfação com a equipe após a vitória do Grêmio por 3 a 1 sobre o Lanús. Com 12 pontos, o Tricolor precisa de apenas um empate diante de La Equidad e Aragua para garantir vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O treinador comentou sobre a importância de ratificar a liderança do Grupo H. “É uma competição dura, contra um adversário de tradição, atual vice-campeão (do torneio). A característica do jogo foi de muita disputa, de muito duelo físico. Diferente de muitos jogos do cenário nacional, é um confronto de muita ligação direta e velocidade. A equipe conseguiu se equilibrar bem, controlamos o adversário na maior parte do jogo. Tivemos boas oportunidades e fizemos uma boa partida. Estou satisfeito com todos”, avaliou.

Tiago Nunes admitiu que é necessária uma evolução na bola aérea defensiva. O gol sofrido foi em cobrança de escanteio, marcado pelo zagueiro Burdisso. “Tivemos algumas bolas aéreas contra. Na primeira, infelizmente, sofremos o gol de bola parada. É uma situação que já detectamos e conversamos com os atletas no vestiário sobre o motivo do cabeceio do adversário. É continuar trabalhando e ajustar jogo a jogo. Só a sequência nos dará a confiança. Sabemos que temos que evoluir”, comentou.

O técnico Tiago Nunes também citou a disputa da final do Gauchão contra o Internacional. A primeira partida será domingo, 16, às 16 horas, no Beira-Rio. “Estão todos já buscando a recuperação. Temos em torno de 48 horas para a recuperação. É pouco tempo. Agora é cuidar a alimentação, descansar e focar em fazer um grande jogo no domingo”, concluiu.

O elenco se reapresenta na tarde desta sexta-feira, 14, no CT Luiz Carvalho, e encerra a preparação para o clássico na manhã de sábado. O volante Thiago Santos precisou ser substituído com dores na coxa esquerda diante do Lanús, no intervalo, e passou a ser preocupação para o Gre-Nal. O atleta será reavaliado.

Ferreira destaca evolução e vibra com gols marcados

O atacante Ferreira acredita que a equipe está em evolução e no caminho certo com Tiago Nunes. “Os 100% de aproveitamento, uma vitória importante em casa, ganhamos lá fora também. Mas o Lanús é uma equipe qualificada, forte, sabíamos da importância da vitória para uma classificação. Aos poucos vamos entrosando, achando a melhor maneira de jogar. Estamos no caminho certo”, vibrou o camisa 11.

Ferreira vive fase artilheira no Grêmio
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Ferreira vive sua fase mais produtiva pelo Grêmio. São dez gols e sete assistências na temporada. “Acredito que sim (vive a melhor fase). O segredo é o trabalho, a confiança da comissão técnica e do grupo. Eu procuro sempre ajudar. Independente do gol, fico feliz pela assistência também. O importante é a vitória”, completou.

Matheus Henrique comenta sobre mudanças com Tiago Nunes

O volante Matheus Henrique falou sobre as mudanças do Grêmio com Tiago Nunes. O jogador entende que o bom momento ofensivo é fruto do trabalho do novo treinador. “Desde a chegada do Tiago Nunes, a comissão vem pedindo para eu ser mais fominha dentro da área e graças a Deus estou sendo abençoado em dois jogos seguidos com belas assistências do Ferreira. Foi exigido dos nossos médios pisarem mais na área, e eu escutei esse conselho até porque não era da minha características fazer gol na pequena área”, comentou.

Diante do Lanús, Matheus esteve mais adiantado em relação ao jogo diante do Caxias. Foi um dos motivos para a presença na grande área, quando marcou o primeiro gol. “Meu posicionamento foi diferente do jogo passado. Antes, quem dava a pressão era Darlan e Diego (Souza), hoje (quinta-feira) foram eu e Churín. Mas todos têm liberdade no meio, cada um ocupa seu espaço. O importante é estar no setor determinado. Não fazemos gols por acaso, é fruto de trabalho”, explicou. “Eu sabia que teria liberdade. Não que o Lucas e o Thiago não tivessem, mas teria dois volantes me protegendo. O professor pediu para eu ficar com o Churín na frente. Foi assim, entrando na área com o centroavante, que saiu o gol”, detalhou.

Matheus Henrique comemora gol marcado diante do Lanús
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O atleta relembrou como agiu quando o atacante Ferreira ficou um longo período afastado do clube em 2020 pelo desacerto na renovação contratual. “O Ferreira ficou afastado por questões contratuais, mas todo mundo já sabia da qualidade dele, muitos clubes demonstravam interesse nele. O grupo todo pedia paciência para ele. A gente tinha o Cebolinha em grande fase e ainda o Pepê na reserva. Pedíamos paciência porque o momento dele iria chegar e agora está acontecendo”, destacou.

Kannemann passa por procedimento no quadril

O zagueiro Walter Kannemann passou por uma cirurgia ambulatorial na região do quadril para tentar encerrar as dores recentes apresentadas no local. O procedimento foi realizado no Hospital Moinhos de Vento na manhã desta sexta-feira. De acordo com assessoria de imprensa do clube, o argentino já está em casa sob cuidados do departamento médico e deve retomar a rotina de treinamentos no domingo pela manhã. O prazo para a volta aos gramados não foi informado.

Última partida de Kannemann foi em 14 de abril
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Pedro Geromel completa 300 jogos pelo Grêmio

O zagueiro Pedro Geromel completou 300 jogos com a camisa do Grêmio. Ele recebeu uma placa comemorativa e um manto especial entregue pelo presidente Romildo Bolzan Júnior e o vice de Futebol, Marcos Herrmann.

Pedro Geromel recebeu a camisa comemorativa de 300 jogos
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

“Geromel é uma referência. Não só por toda a sua qualidade e imposição na proteção da defesa, mas também por todos os títulos conquistados desde a sua chegada em 2013. Além da imagem marcante como sendo o capitão que ergueu o troféu do tricampeonato da Conmebol Libertadores em 2017, o zagueiro conquistou o penta da Copa do Brasil, o bi da Recopa Sul-Americana, três títulos estaduais e uma Recopa Gaúcha. Nos sete anos e meio defendendo o clube, Geromel tem 14 gols anotados até o momento”, divulgou o Tricolor.

No YouTube, o defensor respondeu perguntas de torcedores. “O que me anima é vestir essa camiseta, entrar na Arena e jogar. Vestir a braçadeira de capitão representa muito, é um privilégio que poucos tem e sou muito honrado em carregá-la e tento dignificar do melhor jeito possível”, disse em uma das respostas. “Eu costumo liderar, mostrar o que eu faço, eles veem, falo com todos, mais com os zagueiros, como eu me posiciono, como eu faço, por que eu faço, qual foi a minha ideia, as coisas certas, as erradas. Eu aprendo com eles e tento passar a experiência para que evoluam”, comentou em outro questionamento.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.