Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Série A2

Torcedor do Avenida já pode comprar ingressos para o jogo da volta

Avenida superou o Veranópolis nos pênaltis | Foto: Juliano Holderbaum/MasterLynk

O Avenida está próximo de repetir os anos de 2008, 2011, 2014 e 2017, para citar o histórico recente, e conquistar o acesso à elite gaúcha. Desta vez, o adversário será o Passo Fundo. O primeiro jogo da semifinal da Série A2 do Campeonato Gaúcho ocorrerá neste domingo, 3, às 15 horas, no Estádio Vermelhão da Serra, com expectativa de 8 mil torcedores. O segundo duelo, que vale a vaga no Gauchão 2023, será nos Eucaliptos no próximo dia 10, a partir das 15 horas.

Para o jogo de ida, o atacante Dandan será desfalque. Ele recebeu o cartão vermelho por reclamação, já no banco de reservas. O técnico Márcio Nunes pode ter os retornos de Totto, Jessé, Jeferson e Kaíque, que estiveram fora por problemas físicos diante do Veranópolis. O elenco treinou nessa quarta-feira durante a manhã e terá mais duas atividades, nesta quinta e sexta-feira, ambas no período da tarde. A delegação viaja na manhã de sábado, 2, para a Região Norte.

LEIA MAIS: Rodrigo: herói da classificação do Avenida para a semifinal da Série A2

O presidente Jair Eich parabenizou os torcedores presentes em Veranópolis. Na sequência, agradeceu ao grupo de jogadores por acreditarem até o fim na classificação. Para ele, o Avenida poderia ter conseguido a vaga ainda no tempo normal por ter sido superior, mas apontou que o destino quis uma batalha nas penalidades. “Para mim, era mais um jogo como qualquer outro. O Avenida sempre é forte e respeita os adversários. Faz por merecer dentro de campo. O destino ajudou, o Rodrigo foi certeiro para defender o pênalti e garantiu nossa classificação. Esperamos o apoio dos torcedores em Passo Fundo também”, declarou.

O executivo de futebol Fernando Koppe lembrou das dificuldades enfrentadas pelo clube desde a montagem no elenco, o início irregular na competição, o processo no TJD e agora a classificação para a semifinal. “Foi tudo sofrido, de testar o coração. O grupo mostrou que está pronto para jogos grandes. Mostraram personalidade. Vamos decidir em casa e convoco o torcedor. Queremos lotar os Eucaliptos”, salientou. O zagueiro Léo Santos frisou a tradição da camisa alviverde. “Foi um jogo difícil, tivemos emoção total com os pênaltis. Quando encerrou o jogo lá [nos Eucaliptos], vimos uma reportagem em que eles disseram que venceriam por dois ou três aqui [na Serra]. Futebol é jogado e não falado. Faltou respeito. Nossa equipe é qualificada, mas agora já foi.”

O centroavante Tadeu ressaltou que a classificação é fruto de merecimento. “Fizemos uma campanha maravilhosa de recuperação. O Veranópolis não estava respeitando a nossa equipe, a gente sabia da rivalidade fora de campo. No fim, fomos mais efetivos e nos classificamos com mérito.”

LEIA MAIS: Avenida se classifica nos pênaltis e fica a dois jogos da elite

O vice-presidente de futebol, Guilherme Eich, considerou a classificação como merecida pelo trabalho desenvolvido. “A gente poderia ter matado o jogo no começo, o time deles cresceu e a gente se encontrou no segundo tempo, quando tomamos conta. Os atletas nos respeitaram, mas a diretoria deles se colocou com extrema superioridade. O Avenida cresce nesse tipo de situação. A sorte está do lado de quem tem mérito. Nada está ganho e temos mais uma etapa para superar”, resumiu.

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.