Decisão provisória 03/01/2018 16h17

Secretário-executivo vai comandar Ministério da Indústria até definição de Temer

Marcos Jorge de Lima será ministro interino enquanto partidos indicam nomes para assumir a pasta definitivamente

Após o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, entregar carta de demissão ao presidente Michel Temer, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços divulgou nota informando que o secretário-executivo, Marcos Jorge de Lima, irá comandar a pasta interinamente até que haja uma definição por parte do Palácio do Planalto.

Nesta quarta-feira, 3, o ex-ministro pediu a exoneração do cargo alegando questões pessoais e partidárias. Essa é a segunda baixa no ministério do presidente Temer em menos de 10 dias. Na semana passada, Ronaldo Nogueira deixou o comando do Ministério do Trabalho para se candidatar às eleições deste ano.

Até o momento, o Palácio do Planalto não se manifestou sobre a demissão de Marcos Pereira. Após receber Ronaldo Nogueira pela manhã no Palácio do Planalto, o presidente se deslocou para o Palácio do Jaburu, residência oficial, onde recebeu o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. Apesar do convite feito ao deputado petebista Pedro Fernandes para assumir o ministério do Trabalho na semana passada, o partido pode indicar outro nome para assumir o posto.

LEIA TAMBÉM:

Ministro da Indústria e Comércio, Marcos Pereira pede demissão
Temer vai ao Planalto para definir ministro do Trabalho
Sérgio Moraes seria cotado para cargo de ministro
PTB indica filha de Roberto Jefferson para Ministério do Trabalho