De sol ou de grau 13/01/2020 13h23 Atualizado às 11h04

Veja os cuidados necessários na hora de comprar óculos

Lentes sem proteção contra a radiação podem causar danos à saúde dos olhos. Risco aumenta nesta época do ano

É só o sol forte do verão aparecer para os óculos de sol ganharem as ruas. Mas a peça não precisa ser usada somente na estação mais quente, pois oferece proteção durante todos os meses do ano. Na hora de escolher o acessório há uma infinidade de cores disponíveis, mas o importante é que as lentes tenham proteção contra os raios ultravioleta. Com a oferta de vendedores irregulares, principalmente durante o veraneio, muita gente pode cair na tentação de comprar o item por um valor mais baixo, mas a prática pode causar problemas de saúde.

De acordo com o oftalmologista Yuri Petermann Jung, é importante adquirir apenas óculos com certificado de proteção ultravioleta. “Quando o olho é exposto a um ambiente com maior luminosidade, a pupila contrai devido a um mecanismo chamado reflexo fotomotor. Este serve como uma forma natural de adaptação do olho à quantidade de luz do ambiente, assim como uma proteção contra a luz visível e a radiação ultravioleta. Quando utilizamos óculos escuros, a resposta natural do olho é a dilatação da pupila, permitindo maior entrada de luz”, explica. Se as lentes não tiverem proteção, o olho acaba recebendo raios em maior quantidade. Dessa forma, usar óculos de sol sem proteção é até pior do que não usar óculos nenhum.”

Conforme a supervisora da Joalheria & Ótica Kothe, Luana Kessler, a venda de produtos sem o certificado UV é ilegal. “Além da proteção contra os raios solares, temos uma lente polarizada que tira o reflexo e dá maior nitidez, além de garantir a proteção. É a mais nova tecnologia em lente de óculos de sol.” A empresa conta até mesmo com um equipamento que testa a proteção de cada óculos, que deve ser de UV 400. Ela conta que muitos clientes chegam com lentes compradas em outros locais, reclamando de tontura e pupilas dilatadas, e quando os óculos são testados na máquina apontam valores menores, como UV 380.

Outra característica à qual os consumidores devem estar atentos é o material das lentes. “Algumas vezes, ao invés de serem orgânicas, fazem com acrílico para baratear. Isso é como estar olhando através de um plástico, sem proteção nenhuma”, conta Luana. O oftalmologista alerta que os acessórios pirateados podem gerar danos irreversíveis aos olhos. “O uso de lentes sem proteção ultravioleta pode causar doenças como pterígio, catarata e até degenerações da mácula, a parte central da retina.”

Cuidado deve ser maior com lentes de grau
Além dos cuidados com os óculos de sol, é importante estar alerta na hora de adquirir os de grau. A venda só pode ser feita com a prescrição de um médico oftalmologista. “O exame oftalmológico inclui, além da medida da acuidade visual e da refração (teste para determinar o grau de óculos), a medida da pressão intraocular e o exame completo do olho, testes que são realizados em todas as consultas”, comenta Jung. Além de saber o grau correto, o paciente pode descobrir doenças oculares durante a consulta, até mesmo as que não têm sintomas nas fases iniciais, como o glaucoma. “A prescrição de óculos e lentes de contato é ato exclusivo do médico oftalmologista. O exame e prescrição de lentes por não médicos é ilegal. Se este for feito dentro da ótica e for atrelado à venda dos óculos no mesmo estabelecimento, configura-se ainda a venda casada, que é considerada crime.”

Segundo Luana, na Kothe, a fabricação das lentes para óculos de grau é feita somente sob prescrição e pode até mesmo contar com uma proteção extra. “Hoje existem lentes de grau transparentes com proteção UV. A maioria dos antirreflexos e alguns materiais para lentes já deixam a pessoa protegida mesmo com as lentes sem cor.” Ela conta que também é alto o número de clientes que encomendam os óculos de sol com grau, mais uma possibilidade de defesa contra a radiação.

Defesa contra raios UV é fundamental. Foto: Rafaelly Machado

LEIA TAMBÉM: Doação ajuda 120 alunos a enxergarem melhor em Santa Cruz