Laudo 06/03/2020 09h37 Atualizado às 16h21

Exame descarta coronavírus em paciente de Santa Cruz

Resultado da FioCruz deu negativo para infecção respiratória. Município tem outros dois casos suspeitos

A Prefeitura de Santa Cruz do Sul anunciou na manhã desta sexta-feira, 6, que o primeiro caso apresentado como suspeito de coronavírus foi descartado, ou seja, era apenas uma infecção respiratória comum.

O paciente, que não está mais em isolamento, retornou da Itália no último dia 20, apresentando sintomas no dia 15. O exame foi encaminhado para o Laboratório Central do Estado (Lacen) que teve como primeiro resultado negativo para infecções virais. Com isso, os dados foram levados para a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) descartando que seja coronavírus.

LEIA MAIS: Santa Cruz tem caso suspeito de coronavírus

Casos no município
Santa Cruz ainda tem dois casos suspeitos que são investigados. Num deles, a pessoa retornou da Itália no último dia 27 e apresentou sintomas dois dias antes. Diante dos problemas de saúde, ele acionou a Vigilância Epidemiológica. Atualmente, está em isolamento domiciliar e teve contato com duas pessoas que não apresentam sintomas, mas também são monitoradas pela equipe de saúde.

LEIA MAIS: Saúde descarta ligação entre casos suspeitos de coronavírus

A outra situação envolve uma pessoa que retornou na segunda-feira, 2, de uma viagem para a Itália. Logo em seguida, ela passou a ter um quadro de infecção respiratória com sintomas compatíveis com o coronavírus. O material das vias respiratórias foi recolhido na terça-feira, 3, e encaminhado para exames no Lacen. O objetivo é verificar a possibilidade de um quadro de gripe provocado por vírus que são comuns no Rio Grande do Sul. Se os testes derem negativo, o material será remetido para um exame específico para coronavírus na FioCruz. Por enquanto, o paciente, que não teve sexo nem idade revelados, está em isolamento na própria residência. Ele recebe acompanhamento da Vigilância Epidemiológica.

LEIA MAIS: Santa Cruz registra terceiro caso suspeito de coronavírus em menos de uma semana

Saúde repassa três cuidados básicos
Em encontro na manhã desta sexta com professores de escolas e universidades, a secretaria colocou três pontos importantes: salas bem ventiladas, álcool gel e palestras. “Não podemos provocar medo na comunidade e a melhor forma é informação de qualidade, por meios oficiais. Com a chegada do inverno há mudança de temperatura e o aumento de casos de Influenza então é preciso ter esses cuidados básicos com a higiene nas escolas, principalmente nas classes. Além disso, a orientação é que qualquer criança que tenha gripe com febre não deve ir à aula”, ressalta o titular da pasta, Régis de Oliveira Júnior.

Reunião na manhã desta sexta teve a presença de representantes de escolas e universidades| Foto: Leandro Porto

Secretaria de Saúde confirma 1º caso de coronavírus na Bahia
A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou, na manhã desta sexta-feira, que está confirmado o primeiro caso de novo coronavírus no estado da Bahia. A Sesab disse que a paciente é uma mulher de 34 anos, moradora de Feira de Santana, que retornou da Itália em 25 de fevereiro. No país europeu, ela teve passagens pelas cidades de Milão e Roma.

Ainda de acordo com a Sesab, a mulher manifestou os sintomas depois de ter chegado ao Brasil. O primeiro atendimento e as amostras foram coletadas em um hospital particular da capital baiana, e foram enviadas para a Fiocruz onde o diagnóstico foi concluído nesta sexta. Até agora, são nove os casos confirmados no país.