GAZETA EXPLICA 30/03/2020 14h22

VERIFICAMOS: vereadores de Santa Cruz não aumentaram os próprios salários

Boato surgiu a partiu de postagem equivocada no Facebook na semana passada

Circula por grupos de WhatsApp de Santa Cruz do Sul nos últimos dias a informação de que a Câmara teria aprovado um aumento salarial para vereadores, prefeito, vice-prefeita e secretários municipais em meio à pandemia do coronavírus. O boato teve origem em uma postagem feita no Facebook por um ex-candidato a vereador, Antoninho da Rocha, na semana passada. “Inacreditável… Os edis aumentaram seus vencimentos hoje, bem como o do prefeito, vice e secretários. Que momento inoportuno. Sem palavras”, escreveu.

A informação, porém, é FALSA e não deve ser compartilhada. Os vereadores de Santa Cruz realizaram duas sessões virtuais na semana passada, mas não foi votado qualquer projeto referente a aumento de salários de agentes públicos, conforme mostram as atas das sessões, que podem ser consultadas no site da Câmara (camarasantacruz.rs.gov.br).

Por se tratar do último ano da atual legislatura, os vereadores devem, até 4 de setembro, 30 dias antes da eleição municipal, definir se reajustam ou não os próprios subsídios, bem como do prefeito, vice e secretários municipais. Até agora, porém, a Comissão de Finanças e Orçamento – que é quem deve apresentar a proposta de reajuste ao plenário – ainda não se manifestou.

LEIA MAIS: VERIFICAMOS: vídeo de santa-cruzense chegando ao Hospital de Clínicas é falso

A confusão pode ter sido gerada porque em três municípios gaúchos – Rosário do Sul, Viamão e Santo Augusto – os vereadores aprovaram reajustes nos próprios salários após o início da pandemia.

Antoninho da Rocha reconheceu o equívoco de sua postagem e apagou-a no último sábado, 28. “Errata… Não é verdadeira a notícia que os vereadores de Santa Cruz aumentaram seus próprios salários. Agora é de fonte segura. Peço desculpa aos Edis, pelo transtorno”, escreveu. O post original, porém, seguiu sendo compartilhado.

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS