Quase primavera 16/09/2020 13h23 Atualizado às 14h30

Dia é marcado pela instabilidade: afinal, quando o sol volta à região?

Mês já teve cerca de 10 dias de precipitação em Santa Cruz, mas previsão é positiva para quem quer deixar o guarda-chuva em casa

Nas ruas santa-cruzenses, já é possível ouvir: “Vamos todos virar sapos!”. A indignação é pela quantidade de chuva que os moradores da região estão enfrentando – para se ter uma ideia, a precipitação já ultrapassou a quantidade esperada de chuva para o mês em 27,8%, isso passado apenas um dia da metade de setembro. Neste mês, já foram registrados cerca de 10 dias de chuva em Santa Cruz (alguns com pouco volume, outros com precipitação mais significativa).

Nos 16 dias de setembro, a estação meteorológica da Gazeta Grupo de Comunicações registrou 232,6 milímetros de chuva, enquanto eram esperados apenas 182 milímetros. E esta quarta-feira, 16, segue marcada pela instabilidade: a mesma estação já marcou 50 milímetros apenas nas últimas 12 horas. A situação reflete o alerta emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

No alerta de bandeira laranja, o Inmet afirmou que todo o Rio Grande do Sul e Santa Catarina estavam sob risco de temporais nesta quarta. Em partes do território gaúcho, inclusive, os estragos foram grandes (veja fotos no final da matéria). O alerta é para risco de temporal, vento forte, granizo, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos. A Defesa Civil, por sua vez, tem estado de “atenção” nesta quarta.

LEIA MAIS: Primeiros dias de setembro têm 60% da chuva esperada para todo o mês

A pergunta que não quer calar é: afinal, quando a chuva para e o sol volta ao Vale do Rio Pardo? A resposta é positiva para quem não aguenta mais se molhar na rua: o sol volta em breve. Os santa-cruzenses poderão deixar os guarda-chuvas em casa já nos próximos dias, pois, conforme a MetSul Meteorologia, o tempo firma a partir desta quinta-feira, 17, quando deve começar uma sequência de dias de tempo seco na região.

Uma massa de ar polar que deve ingressar no Rio Grande do Sul neste sábado, 19, garantiria o tempo firme e com sol na região. É sempre arriscado prever muitos dias à frente, mas, segundo a Climatempo, os santa-cruzenses podem esperar por cerca de 10 dias de sol – deve voltar a chover apenas no dia 27 de setembro. Faltando menos de uma semana para a chegada da Primavera, os próximos dias não têm temperaturas tão altas (veja abaixo). Já na terça-feira, 22, os termômetros podem chegar aos 30 graus.

» Saiba como está o tempo agora em Santa Cruz do Sul.

Previsão para os próximos dias em Santa Cruz*:

Quarta-feira: mínima de 13 graus, máxima de 19 graus, chuva a qualquer hora
Quinta-feira: mínima de 16 graus, máxima de 21 graus, sol entre nuvens
Sexta-feira: mínima de 15 graus, máxima de 24 graus, tempo ensolarado
Sábado: mínima de 9 graus, máxima de 18 graus, céu claro com algumas nuvens
Domingo: mínima de 6 graus, máxima de 16 graus, dia de sol

*Dados obtidos no site do Climatempo às 12 horas desta quarta-feira, 16. A previsão do tempo pode mudar a qualquer momento, sem aviso prévio.

Estragos pelo temporal

Santa Cruz do Sul e região, ao menos até o momento, não registraram estragos pela chuva forte que atinge os municípios desde o começo da manhã. Em outros pontos do Estado, no entanto, a situação foi bem diferente. Os piores estragos foram registrados na região das Missões.

Em Santo Ângelo, o vento derrubou árvores e postes, telhados foram arrancados em casas e empresas; em Caibaté, houve danos em casas e galpões do interior, além de queda de árvores e bloqueio de estradas; já em Ijuí houve queda de granizo, árvores caíram sobre a rede elétrica, cabos foram rompidos e foram registrados muitos estragos na fiação em parte da cidade, além do destelhamento de casas no município.