Há uma semana 15/10/2020 11h33 Atualizado às 14h44

Moradores do Loteamento Mãe de Deus estão sem luz desde a entrega das casas

Segundo a Prefeitura, as ligações começaram a ser feitas nesta quinta-feira, mas residentes se queixam da demora

Há uma semana, foram entregues as primeiras 116 casas do Loteamento Mãe de Deus, no Bairro Santuário em Santa Cruz do Sul. Desde a entrega, porém, algumas famílias estão sem abastecimento de energia.

A moradora da Rua Projetada Quatro, Elisária de Mello, se mudou para o loteamento com os filhos Anna e Anthony, de 8 e 3 anos, respectivamente. A família, no entanto, está sem luz na casa nova e ainda não sabe quando a situação vai se resolver.


“A Secretaria de Habitação nos disse que podíamos vir para cá, que estava tudo apto para nós entrarmos. Quando a gente chegou aqui, não tínhamos luz e desde então a gente está entrando em contato com a secretaria e a RGE, que nos deixam esperando. Não nos dão uma posição e só pedem para a gente esperar”, desabafou, à Rádio Gazeta.

“Está há uma semana essa situação, a gente com criança pequena. Durante o dia a gente fica aqui, de noite procuramos um lugar para ficar que tenha luz. A gente está só pedindo que nos deem uma posição melhor em relação a isso. Nos deram um prazo até o dia 19, mas dia 19 todas as famílias vão receber a luz? A gente só queria saber o dia exato que vão ligar a luz pra nós.”

LEIA MAIS: Primeiras residências do Loteamento Mãe de Deus são entregues

Elisária de Mello se mudou para o loteamento com os filhos Anna e Anthony, de 8 e 3 anos | Foto: Maria Regina Eichenberg


A moradora, que é artesã, relata que precisa de luz para trabalhar. Para as atividades básicas, como tomar banho, e para dormir, enquanto a energia elétrica não é estabelecida, ela se desloca para a casa da mãe. A situação, conforme verificado no local pela reportagem da Rádio Gazeta, atinge mais moradores do loteamento.

“É uma situação geral, na nossa rua são cinco famílias que têm luz e os demais estão todos sem. Aqui na minha casa não tem energia desde a semana que mudamos. A chave foi entregue, foi feito tudo, mas a luz não veio e ninguém nos dá uma posição correta em relação a isso”, disse a moradora.


A Prefeitura de Santa Cruz do Sul afirma que a responsabilidade de solicitar a ligação da luz com a RGE é de cada morador. No entanto, como são muitas famílias, a Administração Municipal disse que tentou intermediar o processo com a concessionária, entregando a lista de residentes do Mãe de Deus.

No entanto, segundo a Prefeitura, como a verba do governo federal atrasou, a RGE não conseguiu se programar a tempo para viabilizar a demanda com mais agilidade. De acordo com a Prefeitura, as ligações começaram a ser feitas na manhã desta quinta-feira, 15.

Procurada pela reportagem, a RGE respondeu que a rede para fornecimento de energia para as casas do loteamento está pronta desde o início do ano, mas que a empresa aguardava definições do Poder Público, sobre conclusão e entrega das moradias, para fazer as ligações. A concessionária ressalta, ainda, que a entrega das chaves aos novos moradores ocorreu no dia 8 de outubro, véspera de feriadão. “No momento, a RGE está organizando a estratégia de ação para atender os pedidos”, diz nota enviada pela empresa.

Casas ainda estão sem energia elétrica | Foto: Maria Regina Eichenberg

LEIA TAMBÉM: Casas do Loteamento Mãe de Deus são vistoriadas pela Caixa