Memória 26/02/2018 01h51 Atualizado às 09h18

Os juvenis

Juvenis do FC Santa Cruz e do EC Avenida sempre revelaram excelentes atletas

Foto: Divulgação

Avenida: Clóvis, Osmar, Sérgio Hartungs, Ila, Cláudio Rossa, Átila e Cacildo Pagel. Agachados: Celso, Renato Ferreira, Beto Ferreira, Oli e Raul. O técnico era Victor Wartchow.
Avenida: Clóvis, Osmar, Sérgio Hartungs, Ila, Cláudio Rossa, Átila e Cacildo Pagel. Agachados: Celso, Renato Ferreira, Beto Ferreira, Oli e Raul. O técnico era Victor Wartchow.

As equipes juvenis do FC Santa Cruz e do EC Avenida, desde a fundação destas agremiações, forneceram excelentes atletas para os times principais. Muitos destes jogadores acabaram fazendo sucesso em grandes clubes do Estado e do Brasil.

No Santa Cruz, fundado em 1913, sempre existiu o departamento juvenil. No início, os jovens atletas eram chamados de “filhotes”. O Avenida, que nasceu em 1944, seguiu o mesmo caminho.

No passado, a contratação de jogadores de fora não era tão comum como hoje. Com isso, as reposições nos elencos principais eram feitas a partir dos juvenis ou mesmo no futebol amador da cidade e região.

Com o surgimento dos campeonatos em nível nacional, o calendário para os clubes do interior ficou bastante restrito. Com essa nova realidade, eles passaram a trazer jogadores prontos, montando equipes para disputas curtas. Em consequência, os departamentos juvenis, por um bom tempo, ficaram em segundo plano.

Hoje, os clubes voltam a apostar nas categorias de base. Do leitor Paulinho Sandim, recebemos fotos de equipes juvenis do Santa Cruz e do Avenida em 1965/66.