Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Mistério

Caso de desaparecimento desafia polícia de Rio Pardo

Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia Civil investiga o desaparecimento de um homem de 31 anos, ocorrido no final da última semana, em Rio Pardo. Na quinta-feira, Anderson Veríssimo foi ao trabalho, em uma empresa do setor alimentício, e retornou para casa, no Centro. Na madrugada de quinta para sexta-feira, porém, avisou sua companheira que iria sair de casa e não voltou mais. Ele sequer levou celular, carteira ou documentos. Seu carro, um Gol vermelho, foi encontrado em frente à empresa onde trabalha, na BR-471.

A irmã Elisandra Veríssimo, de 28 anos, revela que ele era usuário de drogas. “Sabíamos do uso de cocaína, mas recentemente soubemos que ele poderia estar consumindo crack”, disse a mulher.

Segundo ela, na última vez em que ele foi visto, Anderson estava com uma camiseta verde, bermuda cor vinho, um boné nas cores azul e amarela e um tênis preto e branco. “Recebemos uma informação de que ele teria sido visto nas imediações do Bairro Guerino, e também na rodoviária, mas estaria com uma camiseta preta, bermuda jeans e mochila. Estamos todos angustiados. Se alguém souber de algo, nos avise”, disse a irmã.

LEIA TAMBÉM: Morador do Bairro Santo Antônio está desaparecido desde a última sexta-feira


O registro do desaparecimento na Delegacia de Polícia de Rio Pardo foi feito na manhã de terça-feira pela mãe de Anderson, Jurema. O delegado Vinícius Lourenço de Assunção, que responde de forma interina pela DP da Cidade Histórica, está ciente do caso e busca preencher as lacunas para criar uma linha de investigação.

“Estamos mantendo contato com a família, mas as informações ainda são bastante vagas. A localização é dificultada até pelo fato de ele não estar com celular, o que poderia auxiliar indicando um paradeiro”, comentou Assunção.

“Com essas poucas informações, fica difícil darmos um juízo e seguir uma determinada linha de investigação para saber de fato o que aconteceu, pois os flancos ainda estão muito abertos”, complementou o delegado. Quem tiver qualquer informação que possa auxiliar a família ou a Polícia Civil a encontrar Anderson Veríssimo deve ligar para (51) 99695 5148 ou para (51) 3731 2455.

LEIA TAMBÉM: Família é flagrada furtando peças de trilhos de trem; crime pode causar acidentes

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.