Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

EXPECTATIVA

Comércio projeta boas vendas no Dia da Criança 

Foto: Rafaelly Machado

Com o fim do ano se aproximando, chegam as festividades que provocam maior movimentação nas lojas. A próxima data comemorativa que garante boas expectativas para o comércio é o Dia da Criança. O ano de 2020, marcado pelo início da pandemia, foi difícil para os comerciantes. Porém, para o fim de 2021, as perspectivas são mais otimistas e indicam que as vendas igualem os resultados de antes da crise, em 2019, ou até superem aquele ano.

Entidades como a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Sul e o Sindilojas Vale do Rio Pardo ainda realizam levantamentos junto aos comerciantes para medir o que se espera deste último trimestre. Segundo o presidente do Sindilojas, Mauro Spode, prospecta-se um bom fim de ano para o setor. “A expectativa é repetir ou superar 2019”, comenta.

LEIA TAMBÉM: Comércio se reinventa e aposta na retomada dos negócios

Peças coloridas e em neon são as mais procuradas para as meninas na Picorrucho Moda Infantil, que planeja fazer contratações | Foto: Rafaelly Machado

Diversas opções

São diversas as novidades para a criançada. Uma delas é a febre do momento: o Pop It, uma espécie de brinquedo antiestresse que virou moda entre crianças e adolescentes. O polvo do humor e os bonecos “bebê reborn” também estão no grupo dos mais procurados. Segundo Fabiane Sehnem, funcionária da Clip, normalmente a loja trabalha com feirões próximo ao Dia da Criança. “Aos poucos, está aumentando o movimento”, diz. Para ela, neste ano, observando a forma como o consumidor se comportou nos últimos feirões, a expectativa é que se iguale a 2019. “Estamos pensando que em janeiro e fevereiro, para a volta às aulas, vai melhorar mais”, acrescenta.

Na Picorrucho Moda Infantil, a expectativa também é boa. De acordo com a gerente Mirian Matos, os trabalhos se intensificam durante esse período de troca de estação. “Já recebemos a mercadoria com um prazo mais antecipado para contar com esse aumento nas vendas. Esperamos que o Dia da Criança seja bem melhor que no ano anterior”, salienta. A gerente acredita que as vendas vão superar 2019, pois percebe que as pessoas já estão saindo mais para a rua. Conforme Mirian, a busca por presentes está se concentrando nos itens com preços mais acessíveis, mas de qualidade. “São muito procuradas as peças com personagens para os meninos e coloridas e em neon para as meninas”, informa. Além disso, ela comenta que a loja já trabalha com o objetivo de contratar mais pessoas para atender à demanda.

LEIA TAMBÉM: Santa Cruz do Sul é ambiente propício para empreender

LEIA TAMBÉM: Consumo em Santa Cruz do Sul vai crescer 4,4% neste ano

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.