Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Concursos públicos

Como manter a ansiedade e o estresse longe dos estudos

A fim de alcançar a almejada estabilidade financeira e uma realização pessoal, pessoas optam por se dedicar aos estudos e começam a planejar a inscrição em concursos públicos. Entretanto, os iniciantes no mundo da concorrência destas seleções acabam, muitas vezes, esbarrando nas dúvidas sobre como estudar e se preparar adequadamente para conquistar a aprovação. O estresse do dia a dia e a ansiedade em querer ser aprovado podem atrapalhar os concurseiros no momento em que eles tentam se organizar para os estudos.  

Conforme a psicóloga Letícia Guedes, mestre em Psicologia, muitas pessoas já vislumbram suas realizações antes mesmo de passar no concurso. “É comum ver estudantes se cobrando arduamente sobre o resultado, isso faz com que este concurseiro se prejudique nos estudos, devido às pressões impostas por ele e principalmente por terceiros, sejam eles familiares ou cônjuges”, comenta. A quantidade de tempo disponível versus as exigências da vida também acabam por ocasionar muitas preocupações e ansiedade por parte de quem procura a aprovação em um concurso público, conforme a psicóloga.

A especialista alerta que o estresse pode ser obtido através da vida agitada, que inclui geralmente uma rotina de trabalho somada à pressão e à falta de qualidade de vida. Neste caso dos concursos, ele deve ser considerado como uma mudança a qual o futuro concursado deve se adaptar. “O estresse é uma reação imediata e intensa que implica a mobilização dos recursos do organismo. É preciso perceber o que causa o estresse e eliminar a raiz do problema”, explica Letícia.

A ansiedade, por sua vez, tende a provocar uma desordem nas emoções do indivíduo e ainda refletir na saúde. “Quando temos que enfrentar um desafio, a ansiedade é a maior vilã do nosso corpo e da nossa mente. Inúmeros hormônios começam a agir, o coração acelera, a transpiração aumenta, entre outros sintomas”, comenta a psicóloga. Para enfrentar o bloqueio, a profissional orienta o candidato a, se possível, buscar por um acompanhamento psicológico. Somado ao tratamento, uma boa alimentação e a prática de atividades físicas podem facilitar na conquista do sucesso. 

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.