Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

MARCOS RIVELINO

Copa América

A Conmebol poderia ter tentado sediar este torneio nos Estados Unidos, ou até mesmo adiado mais uma vez, embora eu reconheça a questão financeira, que envolve os patrocinadores e a exigência da vacina em todos os profissionais. Neste momento, não vejo necessidade de competições que não tenham um objetivo específico. Prejudica até os clubes, que já cedem seus jogadores às Eliminatórias. Questão de prioridade!

Libertadores

O Internacional não pode reclamar da sorte no sorteio que definiu o Olimpia-PAR como seu oponente nas oitavas. Foram rivais na fase de grupos e o Colorado conseguiu vencer os dois confrontos. Mas, para ter vida longa na Libertadores, terá de apresentar um futebol de mais qualidade, diferente do atual momento. Essa parada na competição chegou em boa hora ao time de Ramírez.

Sul-Americana

A LDU é um dos cinco campeões da Libertadores que foram para a Copa Sul-Americana. No grupo que tinha Flamengo, Vélez Sarsfield e Unión La Calera, acabou em terceiro e, assim como o Grêmio, vai buscar um título inédito. Tem a seu favor a altitude de Quito e um time melhor que o Lanús. A boa notícia para o Tricolor é o fato de decidir na Arena. Confronto complicado, mesmo assim.

Mudança de chave

A dupla Gre-Nal volta suas atenções à Copa do Brasil. Mesmo desfalcado, o Grêmio entra como favorito diante do Brasiliense na Arena. Já o Inter amanhã, em Salvador, terá um Vitória esperançoso, porque já eliminou o rival colorado nessa competição. Esse mata-mata é o sonho de todos os clubes, principalmente aqueles que sabem que o título do Brasileirão é quase impossível.

LEIA OUTRAS COLUNAS DE MARCOS RIVELINO

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.