Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

PORTO ALEGRE

Corpo de um dos bombeiros desaparecidos no prédio da SSP é localizado

Uma equipe de mais de 100 servidores está envolvida no resgate aos dois desaparecidos | Foto: Rodrigo Ziebell

O governador, Eduardo Leite, e o vice-governador e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, concederam entrevista coletiva em frente à sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), na noite desta quarta-feira, 21, para lamentar a morte do primeiro-tenente Deroci de Almeida Costa. Ele e o segundo-sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós trabalhavam no combate ao incêndio que consumiu o prédio da SSP, em Porto Alegre, na noite de 14 de julho, quando desapareceram.

O corpo de Costa foi localizado por volta das 19 horas desta quarta, em meio a escombros com cerca de seis metros de altura, após uma ação com cães farejadores. Conforme o vice-governador, a causa da morte do primeiro-tenente foi esmagamento, de modo que o corpo não estava carbonizado. A identificação do bombeiro foi possível através de exame de papiloscopia (impressões digitais).

LEIA MAIS: Bombeiro desaparecido em incêndio na SSP atuava voluntariamente

Ranolfo Vieira Júnior ainda destacou que, devido ao trabalho técnico para remoção de escombros e abertura de acessos na área colapsada, foi possível chegar ao núcleo da edificação, bem no centro do prédio. Já o segundo-sargento continua desaparecido. Leite reiterou que as buscas para encontrá-lo vão continuar. “Não iremos recuar até que ele seja encontrado”, escreveu o governador no Twitter.

Desde o início dos trabalhos de combate ao incêndio, o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) organizou uma estrutura operacional completa para viabilizar o trabalho ininterrupto de combate ao fogo e resfriamento da área. Tão logo se verificou a ausência de dois bombeiros militares que atuavam na ação, também foi mobilizada toda a capacidade de busca e resgate aos desaparecidos. São mais de 100 servidores envolvidos.

LEIA MAIS: Busca a bombeiros desaparecidos em incêndio da SSP reúne 84 militares

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.