Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Enart

CTG Lanceiros abre cancha para a cultura alemã

Às 21h10, o DTG Lenço Colorado, de Porto Alegre, iniciou a competição nas Danças Tradicionais Força A. E, ainda antes da entrada do DTG Clube Juventude, de Alegrete, foram sorteadas as danças que seriam executadas pelo CTG Lanceiros de Santa Cruz. A torcida se alvoroçou e comemorou o que saiu no telão: anu (fila), balaio (roda) e tirana do lenço (pares independentes). Na entrada, o grupo santa-cruzense apresentou a Schützenfest, ou seja, uma festa de atiradores, um aspecto que remete à cultura germânica.

Na saída, mostrou o Baile do Rei do Tiro e o casamento na Catedral São João Batista, cartão-postal de Santa Cruz do Sul. A pesquisa e argumentação foram desenvolvidas por Cléber Eduardo Karls. As músicas foram compostas por Sônia Mara e João Lucas Cirne. A responsabilidade técnica foi dividida entre Rodrigo Gil, Ana Morcelli e Jeandro Barrios. Após a apresentação, o coreógrafo Alex Balaka destacou a performance. “O grupo foi muito bem, colocou emoção no tablado. Acredito que superamos as expectativas. O apoio da torcida também foi fundamental”, resumiu.

Dos 41 grupos que se apresentam até a noite de sábado, 20 irão para a final no domingo. O outro representante santa-cruzense, do CTG Rincão da Alegria, vai entrar no tablado no final da noite deste sábado. Será o sexto grupo do quinto e último bloco. O Enart é considerado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) como o maior festival de arte amadora da América Latina. Está reunindo cerca de 4 mil competidores em 24 modalidades.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.