Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Tribuna

Dois pra lá

Dois pra lá
Agora são dois políticos ligados ao Vale do Rio Pardo cotados para disputar o governo do Estado no ano que vem. O senador candelariense Luis Carlos Heinze, que já havia se lançado pré-candidato em 2018 mas acabou tendo que recuar, está fardado para concorrer pelo PP. E o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Edson Brum, cujo berço político é Rio Pardo, passou a figurar entre os possíveis nomes do MDB – a lista também inclui o deputado federal Alceu Moreira e o ex-governador José Ivo Sartori.

Plano C
Se a candidatura de Brum ao Piratini não decolar, há duas outras alternativas. A primeira, buscar um novo mandato na Assembleia Legislativa. A segunda, concorrer a senador. Brum há tempos alimenta o sonho de seguir os passos de Pedro Simon, que foi deputado estadual e depois migrou direto para o Senado.

Nem vem
Embora não haja manifestação oficial até agora, Helena Hermany (PP) já decidiu que a Prefeitura não vai assumir a obra de revitalização da Estação Rodoviária. A prefeita quer canalizar recursos que haviam sido captados durante a gestão de Telmo Kirst, e serviriam à reforma do terminal, para outro fim: a duplicação do trecho urbano da BR-471.

O plano
A saída estudada pelo governo para viabilizar a obra na Rodoviária é lançar um edital para uma parceria público-privada. A empresa que executasse a revitalização teria, como contrapartida, o direito a explorar os espaços comerciais do complexo. 

Aproveitamento
Helena Hermany (PSD) está prestes a fechar quatro meses de mandato com dois méritos do ponto de vista político: o governo não registrou nenhuma baixa e não enfrentou nenhuma derrota na Câmara.

Porém…
Até agora, governo e adversários vêm cumprindo o acordo de paz selado na virada do ano e evitando o clima bélico que marcou a era Telmo. Porém, vem causando desconforto a forma como alguns projetos da oposição são tratados pelos governistas. Um recado nesse sentido já foi enviado ao Palacinho.

À mesa
O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior (PTB) esteve em Santa Cruz durante a semana. Na quinta-feira, jantou com vereadores, deputados e outros líderes petebistas locais na casa do ex-deputado Sérgio Moraes. A visita de cortesia ocorreu no momento em que a saída de Ranolfo da sigla é dada como quase certa, devido ao rompimento causado pelo presidente nacional, Roberto Jefferson. No cardápio, churrasco. Na pauta, temas como concessão da RSC-287, retomada das aulas presenciais nas escolas, privatização da Corsan e segurança pública. 

Foto: Divulgação




LEIA MAIS COLUNAS DE PEDRO GARCIA

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.