Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

seu bolso

Economia de energia: veja dicas para poupar durante o verão

Foto: Alireza Kaviani/Pexels

Para aliviar o calorão que tem feito em Santa Cruz do Sul e região, as pessoas costumam abusar dos condicionadores de ar e ventiladores. Essa estratégia, porém, pesa na conta de luz no fim do mês. Pensando nisso, a RGE Sul organizou um compilado com dicas para amenizar o efeito das altas temperaturas, mas, também, economizar.

Mais do que pagar menos pela energia elétrica, alguns cuidados são importantes para evitar sobrecarga nas redes, o que poderia causar danos a equipamentos da casa e, até mesmo, queda de energia. Segundo a concessionária, ainda não houve problemas nesse sentido em sua área de abrangência. “O que a RGE sempre recomenda aos clientes é o uso consciente da energia elétrica”, diz a empresa, em nota.

Confira as dicas para economizar energia:

  • O chuveiro elétrico é o aparelho que mais consome energia em uma residência. Ao utilizá-lo no modo “inverno”, o acréscimo no consumo é de até 30% em relação ao modo “verão”. O banho passa a ser responsável por 25% a 35% dos gastos na conta de luz nos meses mais gelados. Para economizar, o correto é reduzir ao máximo o tempo do banho. Dessa forma, o cliente consegue reduzir, além da energia, o consumo de água. Se o cliente diminuir em cinco minutos o tempo de banho, pode economizar em torno de R$ 10,00 por mês.
  • O ar condicionado pode representar, em média, 15% do valor da conta de luz. Porém, se utilizado de forma intensa e incorreta, pode ser o grande vilão da conta de energia. Para economizar, tome os seguintes cuidados: mantenha portas e janelas do ambiente fechadas, evitando entrada de ar do ambiente externo. Limpe sempre os filtros. Mantenha o ar-condicionado sempre desligado quando estiver fora do ambiente por muito tempo. Evite deixar o equipamento ligado o dia todo, além de evitar regular a temperatura abaixo dos 22 graus. ​Ao adquirir um equipamento, prefira os modelos inverter com selo PROCEL, pois são os equipamentos mais econômicos.
  • A geladeira compete com o chuveiro como um dos equipamentos que mais consomem energia em uma residência. Ela representa, em média, de 15% a 20% do valor da conta. Para este caso, a dica é instalar a geladeira em local bem ventilado, não encostando em paredes ou móveis, longe de raios solares e fontes de calor, como fogões e estufas. Nunca utilize a parte traseira da geladeira para secar panos ou roupas. Degele e limpe a geladeira com frequência e não se esqueça de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado. Se for comprar uma geladeira nova, também procure modelos com a tecnologia inverter, que economizam cerca de 50% se comparado aos modelos convencionais.
  • Atenção com outros equipamentos como freezers, adegas, cervejeiras e afins. Esses equipamentos podem consumir até mais do que uma geladeira convencional. Uma boa alternativa para economizar é abrir mão desses equipamentos durante o período do verão, que é quando o consumo aumenta. Panelas, fornos e fritadeiras elétricas, se utilizados frequentemente, também podem representar uma grande fatia da conta de energia.
  • O uso de lavadoras de roupa consome mensalmente 10kWh, 5% do consumo total de uma residência, quando ligada duas vezes por semana. Já o ferro de passar roupa, quando ligado por uma hora durante 12 dias, pode representar de 12 a 20 kWh no final do mês. A dica é procurar acumular roupa para lavar e secar tudo de uma única vez. Esse conselho também vale para quando for usar o ferro elétrico.
  • As lâmpadas também têm um papel importante no consumo, a iluminação representa de 5% a 15% do valor da conta de energia. Lembre-se sempre de apagar as lâmpadas dos ambientes desocupados e dê preferência a lâmpadas de LED. Elas iluminam melhor, duram mais e consomem menos energia. As lâmpadas de LED são, em média, 50% mais econômicas do que os modelos fluorescentes.
  • Um eletrodoméstico muito utilizado neste momento em que as pessoas estão mais em casa é o televisor. Ele fica ligado, em média, de quatro a cinco horas por dia nas casas brasileiras. A potência média deste aparelho é de 150 watts, porém, os modelos mais antigos alcançam valores bem maiores. O consumo mensal de energia elétrica de um televisor fica entre 10 e 30kWh, e ele pode ser responsável por entre 5% e 10% da sua conta. Por isso, lembre-se de desligar a TV quando ninguém estiver assistindo.

LEIA MAIS: Segundo RGE, incêndio em poste danificou somente o semáforo

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.