Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Em licenciamento ambiental, Barragem de Vera Cruz poderá se tornar atrativo turístico

As etapas do projeto básico e da topografia já estão concluídas

Nos últimos três anos o município de Vera Cruz sofreu com a estiagem, tanto no interior quanto na área urbana. Em julho de 2021, se deu início a um projeto para viabilizar a construção de uma barragem com o objetivo de garantir o abastecimento futuro da população. Além disso, o município tem registrado crescimento populacional intenso na área urbana, o que reflete no consumo de água.

Conforme dados obtidos pela Estação de Tratamento de Água (ETA) de Vera Cruz, em 2012, a captação de água junto ao Arroio Andréas – principal manancial hídrico do município e que abastece cerca de 70% da cidade -, era de 2.700 metros cúbicos por dia. Em 2020, a captação aumentou para 5.500 metros cúbicos, aproximadamente. Em entrevista ao programa Estúdio Interativo, na rádio Gazeta 107,9 FM, na manhã desta sexta-feira, 5, o prefeito Gilson Becker salientou que o investimento é uma prioridade. “O volume de água captado junto ao Arroio Andréas dobrou em oito anos. Nessa projeção de crescimento populacional, que continua intensa, precisamos ter uma reserva de água maior para termos autonomia no sistema de abastecimento”.

LEIA TAMBÉM: Prefeitura estuda construção de barragem para garantir abastecimento em períodos de seca

As etapas do projeto básico e da topografia já estão concluídas. No momento, a nova barragem se encontra em período de licenciamento ambiental. Estão sendo feitos encaminhamentos ao Departamento de Recursos Hídricos (DRH) do Estado e a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para se obter o licenciamento ambiental e, também, dar sequência à finalização da aquisição das áreas e à realização da obra em si. Serão usados recursos próprios do município garantidos em orçamento. “Teremos um abastecimento estimado em cerca de 50 a 60 dias sem outras contribuições de água ou ocorrência de chuva. É uma reserva que estará localizada no próprio leito e entorno do arroio”, destaca o prefeito.

A intervenção maior será na construção do barramento no leito do arroio com estruturas de concreto e a limpeza interior da vegetação, de acordo com planejamento ambiental. O estimado em espelho d’água é de 12 hectares. O ponto mais profundo do reservatório terá 11 metros de altura. O custo estimado da obra gira em torno de R$ 1 milhão. Já se estuda a possibilidade de a nova barragem ser utilizada como atrativo turístico.

LEIA TAMBÉM: Programa Protetor das Águas terá novos produtores em 2022

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.