Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

da terra e da gente

Emoção ao máximo

Quem assistiu a este programa nos últimos tempos vai compreender o que estou escrevendo. Acompanhar o espetáculo “The Voice Kids”, nos vazios domingos à tarde, que teve inclusive representante da região, é experiência única que a televisão brasileira, muitas vezes criticada por alguns programas que apresenta, ora nos oferece e de fato nos brinda. A não ser que alguém seja totalmente insensível, ou não consiga abrir a alma ao sublime, ou simplesmente não preste atenção ao que enternece de modo profundo, dificilmente não vai achar que algo de especial então acontece.

Olha, já vivi um bom tempo neste mundo de Deus e não são tantos os momentos em que se pode dizer que vale a pena acreditar na raça humana como criação à semelhança de um ente superior. Pois, nesta hora em que se vê a manifestação plena, não só da inocência infantil, mas dos poderosos dons que a pessoa possui desde a infância, faz-nos rejuvenescer em ânimo, empolgação, emoção levada ao extremo. Pode haver algo mais belo, divino, extraordinário do que se ouve nessas ocasiões? É claro que isso acontece com o auxílio da tecnologia mais moderna que a televisão de ponta do País nos oferece, mas o faz de forma positiva, que realmente traz um conforto ao nosso interior ansiado por algo mais auspicioso, mais substancial, de acordo com nossas aspirações maiores e melhores.

Pois é a isto que quero chamar atenção, neste momento em que tantos vivem dilemas em apontar o certo ou o errado, ou acham que podem continuar enfrentamentos que entendem ser justos pois estão certos de que defendem a verdade, mas não conseguem entender que a verdade não é única, não pertence só a alguns, mas pode estar na voz de outros, que nós precisamos entender, ou pelo menos estar abertos a compreender. É a isto que quero exaltar, na dimensão da boa cultura que, sob os mais diversos matizes e artes, deve receber a devida importância, e quem assim o faz tem sentido muita falta de seu cultivo e usufruição presencial nestes tempos de pandemia, em que restaram as opções a distância.

Sou ligado ao canto e à música, que considero estarem entre as manifestações mais plenas e perfeitas do sentimento humano, e por isso mesmo entendo que devam merecer sempre a melhor atenção. Quando vejo que são expressas da forma mais pura e inocente, com escolha de repertório qualificado e apuradas com a melhor técnica, sinto que há esperança na humanidade, nas melhores revelações da natureza humana, que é divina ao mesmo tempo e, independentemente da crença de cada um, é a expressão do que somos imperfeitos, mas com halos de perfeição, que nos fazem pensar: será que não podemos externar um pouco de Deus (ou de algo superior) na melhoria das nossas ações diárias e mesmo no gesto simples de cada bom dia, de cada oi, de cada palavra que emitimos e que deveria apresentar sempre o que de melhor podemos ser. Seja pelo canto, pela mera palavra dita, pelo sorriso natural, ou apenas pelo nosso olhar, que pode se tornar a mais reluzente e transcendental abertura do infinito que acolhe em plenitude. Viver tais experiências, por certo, nos eleva e faz voar a outras dimensões.

LEIA MAIS COLUNAS DE BENNO KIST

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.