Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Prato do dia

Eu, Gourmet: aprenda a fazer espaguete à Puttanesca

Massa – ou “pasta” – é um dos pratos mais populares do mundo, seja qual for a nacionalidade em questão! Esse prato nascido na China e adotado pela Itália, que o criou para o planeta, é um dos mais versáteis e aceita um sem-número de receitas, mas algumas são tradicionais como a que ilustra este espaço hoje, o espaguete à Puttanesca. Esse conhecido molho tem origem na cidade italiana de Nápoles.

LEIA MAIS: Aprenda a preparar uma deliciosa salada de camarões perfeita para dias quentes

Uma das possíveis versões para a origem do nome “puttanesca” diz que esse prato típico teve origem em uma pequena cidade da Itália – na ilha de Iscia, no golfo de Nápoles – onde uma esposa que traía o seu marido todas as tardes chegava atrasada para preparar o jantar.

Com medo de o esposo chegar do trabalho e o jantar ainda não estar pronto, a esposa inventou essa iguaria rápida e de fácil preparo! É feita com massa longa e molho à base de tomates, aliche ou anchovas, alcaparras, azeitonas sem caroço, alho e pimenta.

Com o que e como fazer

Ingredientes (para quatro pessoas)
500 gramas de espaguete
Dois dentes de alho esmagados
Seis filetes de anchova ou aliche
Duas colheres de sopa de azeite
Dois tomates sem pele e sem sementes picados
Três colheres de sopa de alcaparras
150 gramas de azeitonas pretas sem caroço
Meia colher de sopa de açúcar
Salsinha fresca picada
Sal e pimenta branca a gosto


Preparo: em uma frigideira grande em fogo baixo, leve o azeite de oliva ao fogo, acrescente as anchovas e o alho e cozinhe por 3 minutos, mexendo para que o alho não queime. Na mesma panela, agora em fogo médio, acrescente os tomates, as azeitonas, a água, as alcaparras e o açúcar e cozinhe por 20 minutos, mexendo. Cozinhe o macarrão em uma panela grande com água fervente com sal, até ficar al dente. Escorra a massa e junte ao molho com meia xícara de água do macarrão. Mexa em fogo baixo por alguns minutos. Polvilhe um pouco de salsa fresca por cima e sirva imediatamente.

Confira receitas, crônicas e dicas de vinhos acessando o blog www.eu-gourmet.com

LEIA MAIS: Receita: canapé de pera caramelizada, patê de fígado e geleia de pimenta

Fala, Baco

Sem chance de ser mero modismo e sem dúvida de que a casta Cabernet Franc ressurgiu com toda sua força nesta última década aqui na América do Sul, principalmente no Brasil e Argentina, países dos quais esta coluna já comentou diversos exemplares. No país hermano, o enólogo Alejandro Vigil – leia-se Catena Zapata – é um dos caras que mais entendem dessa uva por aquelas bandas. Por seu trabalho e dedicação, elevou a régua dos rótulos produzidos com essa variedade e recolocou o CF em destaque na viticultura argentina, somado ao empenho de um séquito de produtores entusiastas da casta em questão.

Vigil elabora o El Enemigo Cabernet Franc 2016, produzido pela Bodega Aleanna (da qual é sócio com Adrianna Catena), vinhaço oriundo dos solos calcários de Gualtallary, em Mendoza. Tem cor rubi violáceo intenso e profundo, com leque de aromas aportados em frutas negras puxando groselha e framboesa além de violeta, tostado, leve herbáceo e pimenta-preta. Seco e frutado, fino e redondo e com álcool bem equilibrado, elegante, pleno, com taninos macios e ótimo retrogosto.


LEIA MAIS: Aprenda a fazer uma saborosa salada italiana criada na Toscana

Trata-se de um varietal, mas com aporte de cerca de 10% de Malbec. Utiliza leveduras indígenas na fermentação e estagia por 16 meses em barricas de carvalho francês, sendo 20% novas e o restante de segundo uso. Alejandro trouxe antigos foudres alsacianos (barris) com mais de um século da Itália e os encaminhou para nova tostagem e remontagem em Mendoza.

O nome dessa linha, El Enemigo, sugere que “no final da jornada, lembramos apenas uma batalha. Aquela que nós lutamos contra nós mesmos, o inimigo original. Aquele que nos fez únicos”.

Sua melhor combinação gastronômica é com carnes vermelhas na brasa. Possui 13,5% de graduação alcoólica, e o ideal é ser degustado na temperatura de 16 a 18 graus.

Por aí…

O Rotary Club Tipuanas de Santa Cruz do Sul realizará o Hambúrguer Solidário no próximo dia 9 de abril, no início da noite, direcionado a toda a comunidade. Será possível adquirir os ingressos por R$ 25,00 ali na Farma Fórmulas Farmácia de Manipulação, na Júlio de Castilhos 375, que dão direito ao hambúrguer e a uma cerveja. A entrega será pelo sistema drive-thru no estacionamento do Hotel Soder, e a arrecadação será direcionada às instituições Asan e Humanitas.

LEIA MAIS: Aprenda a fazer um saboroso risoto de camarão com alho-poró e pimentões

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.