Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

CULTURA

Feira do Livro e Ferarte movimentaram Sobradinho

Foto: Nathana Redin/Gazeta da Serra

Chegou ao fim nesta sexta-feira, 3 de dezembro, a 25ª edição da Feira do Livro e 14ª Ferarte, realizadas em Sobradinho. Os eventos fazem parte de uma ampla programação de fim de ano, o “Natal das Estrelas”, e integraram também às comemorações pelo aniversário de 94 anos de emancipação político-administrativa do município.

Com realização na rua coberta, no entorno da Praça 3 de Dezembro, no coração da cidade, de quarta até sexta-feira houve movimentação do público composto por todas as faixas etárias. Muitas famílias e também grupos de escolas do município passaram pelo local, além de visitantes, que estiveram prestigiando as quatro livrarias presentes, além dos artesãos e produtores locais que comercializaram seus produtos. Livros para todos os gostos e peças de artesanato coloriram o espaço.

LEIA MAIS: Os livros e o artesanato estão na Praça 3 de Dezembro

Durante os três dias também ocorreram apresentações artísticas e culturais, lançamentos de livros e sessões de autógrafos, além de palestras, diálogos literários com a Academia Centro-Serra de Letras e atividades na área da saúde e educação promovidas pela Unisc. O tempo colaborou e a festa literária teve seu retorno – em 2020 não houve programação, em razão da pandemia de coronavírus.

A patrona da Feira do Livro, professora sobradinhense Louraci Cremonese Pozzatti, e o escritor homenageado, professor rio-pardense Fernando Fontoura, estiveram presentes prestigiando as atividades do início ao encerramento, momento em que ocorreu a entrega de certificados e premiação do Concurso Literário Jornalista Valacir Cremonese, iniciativa que consolidou-se junto à feira.

“Fiquei realmente impressionada, encantada com todas as atividades desenvolvidas. Uma verdadeira integração de todos os setores que fazem o desenvolvimento da região. Foi um momento muito rico, que não podemos perder de aproveitar. Que bom que as pessoas aproveitaram. Gostei muito de participar. É bom que a gente participe, traga os nossos filhos, que possamos acreditar em um futuro melhor através do estudo e da leitura”, reforçou a patrona.

LEIA MAIS: Conheça os vencedores do 17º Concurso Literário Jornalista Valacir Cremonese

O homenageado, que também leciona no campus da Unisc em Sobradinho e possui relação mais próxima com o município desde 2007, destacou que esta foi uma experiência ímpar. “Sempre somos muito acolhidos pela comunidade de Sobradinho. Fiquei impressionado pela pujança cultural, diversidade que se expressou através do artesanato, da música, da poesia, da escrita, da feira de agricultura familiar realizada em paralelo. Isso é cultura, é desenvolvimento”, enfatizou Fernando Fontoura.

O escritor, desenhista e editor, Gil Kipper, levou para a Feira do Livro obras da editora Zum, de Santa Cruz do Sul, e de outras editoras. Além de comercializar os livros, também oportunizou um momento de interação com crianças e adolescentes em oficina gratuita de desenho. “Já faz alguns anos que participo desta feira. É muito legal, há uma grande receptividade das pessoas, tenho muitos amigos aqui. Esse contato com os leitores é muito importante para quem escreve, sentir a reação deles. Na oficina se revelaram talentos, que provavelmente se seguiram nesta área, terão sucesso. Vemos situações muito bacanas também, como de quem comprou algum livro nosso há mais tempo e nos conta que guarda até hoje. Já são mais de 30 anos trabalhando nesta área e há uns 50 anos com histórias em quadrinho, unindo texto e ilustração”, salientou.

Alunos e professores também prestigiaram a Feira nos três dias, evidenciando o encanto com as obras literárias e a importância do incentivo à leitura. Um dos grupos escolares presentes foi o da Escola de Educação Básica São Valentim, da localidade de Campestre, interior de Sobradinho.

Segundo Marivana de Franceschi, professora de 3º e 4º anos, a Feira do Livro é um momento muito aguardado pelos pequenos. “Eles adoram. Esperam muito por este dia, para verem os livros, aproveitar as atrações, passear. A nossa escola tem uma realidade que é do interior, então para eles virem para a cidade é muito importante. O incentivo à leitura ocorre durante todo o ano. Nestas séries eles já levam livros da escola para casa para ler toda semana e contar em aula, trabalhando também a oralidade. A maioria comprou livrinhos. Voltam bem felizes para casa”, enfatizou a docente. O aluno Jordani Cereta, 9 anos, concordou, fazendo questão de mostrar seu gibi da Turma da Mônica.

LEIA MAIS: Dia do Músico: arte corre nas veias

A turma da professora Maria Emmanouilidis, da EMEF José Rech, de Passa Sete, veio do município vizinho para prestigiar o evento. “Sou professora de matemática, mas a gente sempre incentiva os alunos na leitura, pois matemática também é uma interpretação de texto”, pontuou. “Gostamos muito. É a primeira vez que venho na feira em Sobradinho. Na escola lemos bastante em algumas disciplinas e fora dela lemos também. Temos muito incentivo dos professores”, destacou a aluna do 6º ano, Kauani de Campos, 12 anos.

Entre os expositores da Ferarte esteve a artesã Lizélia Giacomelli, de Sobradinho, que participa de muitas feiras no Estado. “Há quase cinquenta anos trabalho com artesanato. É muito bom participar das feiras, pois podemos mostrar o nosso trabalho. Infelizmente a pandemia não permite que seja como em outros momentos em relação às vendas, mas está bom, sempre vendemos alguma coisa. É uma vitrine, então as pessoas veem e depois lembram e me procuram”, mencionou a artesã que produz uma ampla variedade de artesanatos como panos de prato, toalhas de mesa, banho, peças em crochê, macramê e também detalhes com pintura.

Já a artesã Natalina Rosane Dallemole, de Passa Sete, participou da feira pela sétima vez. Ela comercializa artesanatos em porongo, vidro, isopor, com diferentes técnicas. “Já faz mais de 15 anos que trabalho com artesanato. As feiras representam um momento de visibilidade do nosso trabalho e de reencontrar os amigos que fizemos trabalhando em feiras em distintos lugares. Estava bem legal esta edição”, destacou.

Conforme a diretora de Cultura e Turismo, Ingrid Hermes, o evento marcou a retomada após um ano sem a realização. “O que queremos é que todo mundo participe, mostre seus produtos, divulgue seu trabalho, que as pessoas comprem livros, se atualizem. Acredito que nossas livrarias venderam bem. Estamos muito felizes por tudo e agradecemos a todos os expositores, parceiros, imprensa e toda equipe que se empenhou”, salientou com sentimento de gratidão ao fim da feira.

Outro destaque, segundo Ingrid, é a realização do concurso literário Jornalista Valacir Cremonese, com inscrições de pessoas do município, mas também de outros lugares do país, tendo inclusive a visita na Feira de participantes de mais longe, como Esteio e Florianópolis. “Isso nos mostra que estamos no caminho certo, temos boas iniciativas aqui em nosso município”, acrescentou.

Segundo o prefeito Armando Mayerhofer, o Natal das Estrelas foi planejado com uma programação bastante variada, pensando em integrar o público. “A Feira do Livro teve um destaque especial. Foram três dias em que tivemos realmente um público muito bom. A Feira foi o ponto alto e atingiu plenamente o objetivo proposto que é o de que incentivar à leitura, proporcionar conhecimento e interação”, destacou o chefe do Executivo.

Na próxima sexta-feira, 10 de dezembro, ocorre a chegada do Papai Noel, às 20 horas, também na Praça 3 de Dezembro. A programação do Natal das Estrelas segue até 7 de janeiro, com o tema “Mais amor neste Natal”.

LEIA MAIS: Sobradinho completa 94 anos de emancipação nesta sexta-feira

Quer receber as principais notícias de Santa Cruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e muito fácil de usar. Se você já tem o aplicativo, basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Se ainda não usa o Telegram, saiba mais sobre o app aqui e veja como baixar.

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.