Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

RODRIGO VIANNA

Final

Em uma competição de pontos corridos não temos uma final. Lembro do ex-técnico Muricy Ramalho, que dizia que um campeonato de pontos corridos tem “minidecisões”. O jogo entre Flamengo e Inter pode ser encarado com uma decisão. Sorte do acaso, nos resta vibrar com o acerto da tabela, que coloca o primeiro encarando o segundo colocado na penúltima rodada do Brasileirão.

Caminho

O Inter não terá Cuesta, mas vamos ficar com o fator positivo, Patrick está de volta. Assim, o lado esquerdo de ataque do Colorado tem tudo para ser o caminho pra um bom resultado. Primeiro porque o Flamengo não tem um volante raiz. Segundo, Isla é melhor apoiando. E terceiro, a zaga do lado direito tem problemas com a lesão de Arão, que já é um improviso.

Bola

O Flamengo não pode ter a bola a todo momento. O Inter precisa quebrar o ritmo da equipe carioca, ou seja, precisa ficar um pouco com a bola, não só marcar. Diego, Gérson, Arrascaeta, Éverton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol, um time desse com a bola no pé a todo momento é quase uma certeza de vitória.

Acessos

Tenho um desejo de contar dois acessos do nosso futebol neste ano. Posso estar sendo otimista demais, mas isso tem boas chances de acontecer. O Galo nunca esteve tão preparado para fugir da Terceirona e, na semana que vem, anunciará mais um parceiro nessa caminhada. Já o Avenida sempre é candidato na Divisão de Acesso. O presidente Jair Eich é especialista nesse tipo de campeonato. Portanto, vou seguir acreditando em dois acessos na temporada de 2021. Bom final de semana.

LEIA OUTRAS COLUNAS DE RODRIGO VIANNA

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.