Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Cultura

FOTOS: exposição sobre educação e desenvolvimento marca reabertura do Museu do Mauá

Foto: Rafaelly Machado

Como parte do roteiro turístico do Vale do Rio Pardo, o Museu do Colégio Mauá reabriu as portas para a visitação do público nesta terça-feira, 21, após uma ampla reforma, com investimento de mais de R$ 100 mil. Para marcar a reabertura, pois o museu esteve fechado desde março de 2020, em razão da pandemia de coronavírus, a direção do local e do educandário lançaram a exposição temporária Educação e Desenvolvimento Caminham Juntos. “Estamos muito felizes em poder reabrir o museu, uma importante referência local e regional da preservação da história”, comemorou o diretor geral do Mauá, Nestor Raschen.

A diretora do Museu, Maria Luiza Rauber Schuster, explicou que a exposição conta um pouco sobre os fatos relacionados à trajetória do Colégio Mauá, desde 27 de julho de 1870, quando nascia a Deutsche Schule, na Freguesia de São João de Santa Cruz, acontecimentos esses que, nestes 151 anos, também fizeram parte de muitos episódios da história de Santa Cruz do Sul. “Paralelamente, os alunos do educandário também acompanharam, participaram e interagiram nesta trajetória. O Colégio Mauá, no decorrer da história, viu nascer a Câmara de Vereadores, a cidade de Santa Cruz do Sul, a chegada da água, da energia elétrica e muitos outros acontecimentos”, ressaltou a diretora.

LEIA MAIS: Museu do Colégio Mauá reabre para visitação nesta terça-feira

Maria Luiza relembrou que a escola ocupava duas pequenas salas de aula na esquina das Ruas São Pedro e Rua Taquarimbó, hoje Ruas Marechal Floriano e 28 de setembro. Atendendo a turmas mistas, o educandário logo deixou o local para ocupar prédio próprio, uma quadra mais adiante, na esquina das Ruas São Pedro e da Colônia, atualmente Ruas Marechal Floriano e Borges de Medeiros. “Assim como a escola, a localidade foi progredindo rapidamente”, salientou. Além de mostrar um pouco destes fatos, a exposição conta com materiais que se usavam nas aulas do passado, que eram ministradas em língua alemã.

O museu, localizado na Rua Marechal Floriano, 274, possui um acervo composto por doações feitas pela comunidade regional e Museu Escolar, com peças arqueológicas, objetos indígenas, materiais referentes aos imigrantes alemães, rara coleção de animais taxidermizados (empalhados), entre outros. O local está aberto de terças a sextas, das 14 horas às 17 horas. O ingresso tem o valor de R$ 4,00 para adultos e R$ 2,00 para estudantes e aposentados. As visitas de grupos devem ser agendadas pelo telefone (51) 3715-0496 ou pelo e-mail [email protected].

LEIA MAIS: História preservada: obra prepara a volta do Museu do Colégio Mauá

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.