Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

DIA DOS PAIS

Frio e avanço da vacinação geram boas expectativas no comércio

Foto: Gazeta da Serra / Victor Paranhos

O segundo domingo de agosto é marcado pelo Dia dos Pais. A tradicional data cairá neste ano em 8 de agosto. Além das demonstrações verbais e gestuais de carinho, muitos filhos optam por dar presentes. As opções são variadas e buscam agradar os mais distintos gostos. Conforme a presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Sobradinho (Caciss), Tatiana Lisbôa, para o varejo esta representa uma das principais datas comerciais, que costuma gerar excelentes resultados em vendas.

De acordo com a Caciss, uma pesquisa com associados mostrou que a expectativa do comércio é muito boa para a data, especialmente neste ano, por uma soma de fatores: “avanço da vacinação, os cuidados com os protocolos de segurança que os lojistas vêm tendo, além da queda nos números que medem o avanço da Covid-19. Isso tudo deixa as pessoas mais confiantes para visitar seus familiares e confraternizar com a família nesta data tão especial, aproveitando para comprar aquele presente bacana para os pais”, afirma a presidente Tatiana.

LEIA MAIS: Estado mantém o atual quadro do Sistema 3As e Santa Cruz segue com Aviso

Os dias frios também têm contribuído para aquecer as vendas deste ano, principalmente nos setores de vestuário e calçados. “Em comparativo com o mesmo período do ano passado, quando existiam inúmeras incertezas e medos devido às informações desencontradas e os indicadores da pandemia eram muito mais graves, campanhas foram feitas para que as pessoas não viajassem nos feriadões e datas comemorativas, reduzindo muito o fluxo de pessoas circulando no comércio”, destaca.

A pandemia exigiu ainda muitas adaptações na vida de todos e neste segmento não seria diferente. Vários desafios, mas também impulsão para reinventar-se. “Atualmente, com a situação da pandemia mais controlada, a sensação de alívio traz aos empresários muita esperança para continuar estimulando o consumidor, se reinventando continuamente, buscando novas formas e novos canais de venda, entendendo que o perfil do cliente mudou, mas que com as novas ferramentas de gestão de vendas vieram para ficar, e assim possibilitar a busca pela recuperação mais rápida possível quanto ao déficit nas vendas que o ano de 2020 teve em razão da pandemia”, acrescenta a presidente da Caciss.

LEIA TAMBÉM: Comércio tem expectativa de boas vendas para o Dia dos Pais


Para Vianei Pasa, presidente do Sindilojas Centro-Serra, que engloba onze municípios da região, a expectativa para a data é positiva. “Pelos índices divulgados pela Fecomércio, do início deste ano até o mês de maio, já tinha subido quase 2% o comércio, no País. Vejo que o Rio Grande do Sul se recuperou um pouco melhor. A expectativa é boa. Falando com alguns empresários, tudo ajuda. O frio que chegou agora aumenta, principalmente, a busca por calçados e confecções, o auxílio emergencial também está ajudando bastante, e tendo esta perspectiva do avanço da vacinação, a expectativa é boa”, destacou.

A tendência para os próximos meses também é positiva. “É recuperação, a perspectiva é que seja uma recuperação boa. Em relação ao ano passado acredito que vai ser um bom ano. Mais do que uma previsão é um desejo de que a coisa aconteça e tenho fé que vai acontecer”, salientou. Pasa mencionou ainda a variedade de produtos disponíveis no comércio local: “bem variado, preços, custos, uma diversidade bem grande”.

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS DA REGIÃO CENTRO-SERRA

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.