Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Confiança

Icestocksport avança em busca de inclusão nos Jogos Olímpicos

Icestocksport busca inclusão no programa olímpico

A Federação Internacional de Icestocksport (IFI) foi informada recentemente pelo Conselho Executivo (CE) do Comitê Olímpico Internacional (COI) de que avançou, junto com outras cinco modalidades esportivas, no processo para aprovação pela Sessão do COI, que irá ocorrer em 20 e 21 de julho em Tóquio, antes das Olimpíadas do Japão, quando pode ocorrer o reconhecimento total do COI, de acordo com a Carta Olímpica.

O Icestocksport estava desde de 2018 aprovado provisoriamente pelo COI, que passou a orientar a IFI sobre os trâmites para o ingresso nas Olímpiadas. O avanço é um passo importante e demonstra a organização do esporte mundialmente, uma vez que o stocksport foi aceito provisoriamente apenas em 2018, assim como o Kickboxing, Sambo e o World Lacrosse, que também avançam. As outras duas modalidades, Cheerleading e Muay Thai, estavam provisoriamente no COI desde 2016.

Notícia publicada no site do COI, na última quinta-feira, 10, diz que esses esportes “cumpriam todos os critérios solicitados. Seus estatutos, práticas e atividades estão em conformidade com a Carta Olímpica, e eles adotaram e implementaram o Código Mundial Antidopagem e o Código do Movimento Olímpico para a Prevenção da Manipulação de Competições”.

A matéria acrescenta ainda que: “todos mantêm a sua independência e autonomia na gestão do seu desporto e cumprem os critérios definidos no procedimento de reconhecimento dos desportos de verão e de inverno”. Entre as exigências do COI está a existência de no mínimo 25 federações nacionais afiliadas para esportes de inverno, de pelo menos três continentes, que exerçam uma atividade esportiva específica, tangível e contínua.

A IFI também divulgou a informação, esclarecendo que desde de junho de 2018 fez mudanças no regulamento do icestocksport, baseada nas recomendações do COI, especialmente do departamento de esportes, para incluir os requisitos do processo de reconhecimento total. Durante o processo, foi criada, inclusive, a Federações Americana de Icestocksport, da qual o presidente da Federação Gaúcha Desportiva de Eisstocksport (FGDE), Sérgio Luiz Böhm, é vice-presidente.

Em e-mail encaminhado ao dirigente da FGDE, o presidente da IFI, Christian Lindner, na sexta-feira da semana passada, 11 de junho, revela que está “absolutamente confiante de que o desenvolvimento da federação em muitas áreas, especialmente na área de governança, também será reconhecido pela sessão do COI em Tóquio”.

“Para nós é uma grande alegria receber esse comunicado. Estamos todos na expectativa pela aprovação do stocksport como modalidade Olímpica. Além de valorizar nossa prática esportiva aos olhos do mundo, acreditamos que será um grande incentivo para os atletas que já estão nos clubes e para a conquista de novos adeptos, bem como para a busca de apoio e patrocínio”, projeta Böhm.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.