Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Colorado

Inter vai reduzir grupo para tentar retornos de Yuri Alberto e Aránguiz

Yuri Alberto recebe mais de R$ 1 milhão no Zenit e também é alvo do Corinthians

O Internacional trabalha para reduzir o número de jogadores no elenco profissional e recolocar no mercado atletas que não serão aproveitados. O clube já liberou quatro jogadores antes da reabertura da janela de transferências, em 18 de julho. Outros podem sair nos próximos dias.

O zagueiro Bruno Méndez acertou a rescisão de contrato na terça-feira e voltou ao Corinthians. O volante Rodrigo Dourado foi negociado com o Atlético San Luis, do México, por US$ 500 mil (R$ 2,56 milhões). O atacante Marcos Guilherme estava emprestado ao Santos e já não fazia parte do elenco. Ele rescindiu o contrato com o Colorado e acertou o retorno ao São Paulo, enquanto o zagueiro Tiago Barbosa teve o CSKA Sofia, da Bulgária, como destino.

LEIA MAIS: Fifa aumenta prazo e Inter sonha com retorno de Yuri Alberto

A ideia do técnico Mano Menezes é trabalhar com um grupo menor de jogadores, de aproximadamente 30 nomes. Nomes como Wesley Moraes e Gustavo Maia são alguns que podem deixar o clube. Outro caso de jogador que não faz parte no elenco, mas que treina no CT do Parque Gigante – e ocupa espaço na folha de pagamento – é Natanael. O lateral-esquerdo está fora dos planos e cumpre os últimos dias de contrato até 30 de julho antes de procurar um novo destino.

Leo Borges, João Peglow e Thiago Galhardo estão retornando de empréstimo e não devem ficar. Outros ainda estão entre os cotados para sair: o lateral Paulo Victor, o volante Bruno Gomes, o meia Boschilia e o atacante Caio Vidal. Além disso, existe a possibilidade de o volante Edenilson receber uma proposta do futebol da Arábia Saudita. Nesta hipótese, se as condições forem favoráveis, o Inter admite realizar a negociação, especialmente se concretizar a contratação do volante Charles Aránguiz, que tenta a liberação do Bayer Leverkusen.

LEIA MAIS: Charles Aránguiz busca liberação para retornar ao Internacional

A concorrência com o Corinthians é o principal obstáculo do Inter na tentativa de repatriar o atacante Yuri Alberto, que está de saída do futebol russo. Porém, como o Zenit ainda deve aproximadamente 7,5 milhões de euros (R$ 41 milhões) aos colorados, o clube gaúcho pretende utilizar este débito como trunfo para viabilizar a negociação com o clube russo.

Autorizado pela Fifa a suspender o seu contrato com o Zenit de forma unilateral, em virtude da guerra no Leste Europeu, Yuri Alberto já decidiu que não voltará à Rússia e, por isso, permanece no Brasil analisando ofertas. Contudo, mesmo que não seja necessário negociar com os russos, os colorados avaliam abrir mão de uma parte do valor que têm a receber para evitar o risco de um calote que comprometeria as finanças coloradas na temporada. Yuri Alberto foi vendido pelo Inter ao Zenit em janeiro por 25 milhões de euros (R$ 149 milhões). Como detinha 70% dos direitos econômicos do atleta, o Colorado receberia 17,5 milhões de euros de forma parcelada ao longo de 2022. Até agora, 10 milhões de euros já foram pagos, e as demais parcelas ainda estão dentro do prazo.

Contrato de Heitor é prorrogado

Seis meses depois da mais recente renovação, Heitor voltou a ter o contrato ampliado pelo Inter. Na manhã de quarta-feira, 22, o lateral-direito acertou o novo vínculo com o clube até o final de 2024. O jogador de 21 anos iniciou a temporada como titular (ainda sob o comando de Alexander Medina), mas atualmente é a alternativa de Mano Menezes a Fabricio Bustos. Com nove partidas na temporada, aguarda uma brecha do argentino e a oportunidade de estrear no Brasileirão.

Quer receber as principais notícias de Santa ruz do Sul e região direto no seu celular? Então faça parte do nosso canal no Telegram! O serviço é gratuito e fácil de usar. Basta clicar neste link: https://t.me/portal_gaz. Ainda não é assinante Gazeta? Clique aqui e faça sua assinatura!

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.