Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

Troca de treinador

Lisca e Maurício Barbieri estão no radar para assumir o Internacional

Barbieri e Lisca surgem como opções | Fotos: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino e Mourão Panda/América-MG

A eliminação do Internacional para o Vitória na terceira fase da Copa do Brasil, com derrota por 3 a 1 no Beira-Rio, vai resultar na mudança da comissão técnica do clube. Com Miguel Ángel Ramírez afastado por Covid-19, a direção vai se reunir nesta sexta-feira, 11, para definir um nome que possa substituir o espanhol.

O trabalho do treinador, que chegou do Independiente del Valle com o objetivo de revolucionar o futebol colorado, tornando a equipe propositiva por meio do jogo posicional, não rendeu frutos. Apesar de algumas goleadas no Gauchão e na Libertadores, o modelo sugerido pelo técnico não foi bem assimilado pelo grupo vice-campeão brasileiro.

A direção bancou a permanência após a goleada para o Fortaleza por 5 a 1, mas a queda da Copa do Brasil fez o Colorado desperdiçar R$ 2,7 milhões por não ter avançado de fase. “Temos a obrigação de sentarmos e reavaliarmos esse processo no que diz respeito a forma de jogar, psicológico, ao conjunto de questões que viemos enfrentando”, disse o presidente Alessandro Barcellos. “A nossa ideia é reunir, a partir de agora, a nossa equipe do departamento de futebol, Conselho de Gestão, fazermos avaliação rápida e tomarmos decisão no que diz respeito sobre esse contexto para que a gente possa dar resposta que nós queremos”, complementou.

Os treinadores mais cotados para assumir o comando do Internacional são Maurício Barbieri, atualmente no Red Bull Bragantino, e Lisca, do Atlético-MG. Ambos foram eliminados na terceira fase da Copa do Brasil também.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.