Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

BRASILEIRÃO

Grêmio perde em Goiânia e segue na vice-lanterna

Foto: Bruno Corsino/ACG

O Grêmio perdeu nova chance de sair da zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, ao ser derrotado em Goiânia, no Estádio Antônio Accioly, por 2 a 0 pelo Atlético-GO, na noite desta segunda-feira, 25. Os gols foram marcados por Igor Cariús na primeira etapa, e Marlon Freitas, de pênalti, na segunda etapa. Paulo Miranda foi expulso no segundo tempo, e o Grêmio jogou a reta final com um jogador a menos.

Com a nova derrota, o Tricolor permanece na penúltima colocação e na próxima partida pega o Palmeiras, na Arena, no domingo, 31, às 16 horas. Dependendo do resultado do Sport Recife contra o Palmeiras, ainda na 28ª rodada, o Tricolor pode se afundar ainda mais na zona de rebaixamento, e ficar a quatro pontos do time pernambucano, que tem dois jogos a mais que o time gaúcho.

PRIMEIRO TEMPO

O Grêmio foi muito superior na primeira etapa, teve mais posse de bola e mais finalizações, mas o time não conseguiu abrir o placar. Thiago Santos cabeceou com perigo aos 10 minutos, após cruzamento de Douglas Costa. A bola raspou na cabeça do volante e saiu por escanteio, na primeira chance gremista. Aos 22, Douglas Costa arriscou de fora da área e o chute passou perto da trave do Atlético. O Grêmio pressionava. Aos 23, Jean Pyerre recebeu de Diego Souza na área e carimbou a zaga. Quando ia para o gol, a bola ficava no goleiro Fernando Miguel, do Atlético: aos 25, Douglas Costa chutou e ficou no goleiro.

Villasanti perdeu a melhor chance do Tricolor no primeiro tempo aos 30 minutos. Ele recebeu na área, na cara do goleiro, mas chutou fraco, no meio do gol, e Fernando Miguel defendeu.

O Atlético Goianiense não havia finalizado à gol, e marcou em sua primeira chegada. Aos 43 minutos, o lateral Igor Cariús recebeu passe na área pelo lado esquerdo e chutou par vencer a marcação de Vanderson e o goleiro Brenno, fazendo Atlético-GO 1×0 no final da primeira etapa, onde o Tricolor foi muito melhor.

SEGUNDO TEMPO

O Grêmio seguiu perdendo gols na segunda etapa, e o time da casa cresceu: Janderson quase ampliou o placar aos três minutos, após limpar a marcação na área e bater pro gol. Brenno defendeu.

Villasanti chutou mais uma com perigo de fora da área, aos 11 do segundo tempo. Ferreira e Borja entraram aos 12 minutos, e o Grêmio ganhou velocidade no ataque.

Mas aos 21, o zagueiro Paulo Miranda foi driblado por André Luís na área do Tricolor. O zagueiro puxou a camisa do atacante, e o pênalti foi marcado pelo árbitro Caio Max Augusto Vieira. O defensro já tinha o cartão amarelo e foi expulso. Marlon Freitas cobrou e colocou o 2 a 0 no placar. Ruan entrou para recompôr a zaga, e Diego Souza deixou a equipe aos 28. Luiz Fernando entrou no lugar de Villasanti para aumentar o opderio ofensivo do Grêmio, mas nada deu certo na noite desta segunda-feira para o Grêmio, que sofreu a 14ª derrota na competição, e segue amargando a vice lanterna.

O Tricolor é 19º colocado, com 26 pontos em 26 jogos. Foi a sexta chance perdida pelo tricolor de vencer a partida e deixar a zona do rebaixamento. O Atlético Goianiense alcançou 37 pontos e é nono colocado.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Palmeiras, no domingo, 31, na Arena, a partir das 16 horas. Já o Atlético Goianiense joga fora de casa contra o Sport, às 20h30 do domingo, 31.

FICHA TÉCNICA
BRASILEIRÃO 28ª RODADA
ATLÉTICO-GO X GRÊMIO

Local: Estádio Antônio Accioly, Goiânia-GO
Data e Hora: 25/10, 20h
Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN), auxiliado por Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Cândido das Flores (RN)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Cartão amarelo: André Luís, Willian Maranhão (Atlético-GO); Kannemann, Paulo Miranda, Ferreira, Rafinha, Borja (Grêmio)
Cartão vermelho: Paulo Miranda (Grêmio)
Gol: Igor Cariús, aos 43min/1ºT, Marlon Freitas (Atlético-GO)

ATLÉTICO-GO
Fernando Miguel; Arnaldo (Oliveira), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Marlon Freitas, Willian Maranhão e André Luís; Ronald (Toró), Zé Roberto (João Paulo) e Janderson (Baralhas).

GRÊMIO
Brenno; Vanderson, Paulo Miranda, Kannemann e Rafinha; Thiago Santos, Villasanti, Jean Pyerre (Ferreira); Alisson (Campaz), Douglas Costa (Ferreira) e Diego Souza.

Mais sobre

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.