Close sidebar

Rádios ao vivo

Leia a Gazeta Digital

TOP OF MIND

Pelo 4º ano consecutivo, Rádio Gazeta é a mais lembrada do interior

Foto: Rafaelly Machado

Programas de informação e entrevistas, como o Radar, de Rosemar Santos, projetam a Rádio Gazeta em todo o Rio Grande do Sul

Que a Rádio Gazeta FM 107,9 é sinônimo de credibilidade nem é necessário dizer: este é um dos pilares consolidados ao longo dos 41 anos de história da emissora pioneira da Gazeta Grupo de Comunicações. O trabalho desenvolvido desde então vem sendo reconhecido não somente entre o público fiel, mas também em pesquisas importantes em nível estadual, como a Top of Mind, que apontou a Rádio Gazeta como a quarta emissora de notícias mais lembrada no Estado e a primeira no interior do Rio Grande do Sul em 2021.

O estudo, realizado pela Revista Amanhã e aplicado pela Engaje Pesquisas, reflete o empenho dos profissionais da Gazeta em entregar notícias em tempo real, entrevistas e informação de confiança aos ouvintes. O recebimento do título se torna ainda mais importante em um momento difícil para a imprensa. “Significa a consolidação de um trabalho, de um jeito de fazer rádio com olhar local; da marca Gazeta, sobretudo”, frisa o gerente executivo de rádios da Gazeta, Leandro Siqueira.

LEIA MAIS: Rádio Gazeta FM 107,9: há 41 anos no ar

“Procuramos revisar periodicamente o jeito de fazer e o que fazer para atendermos o propósito de fazer rádio com seriedade, mas com alto astral. Procuramos valorizar as demandas e os personagens locais/regionais. Efetivamos ações pontuais e estratégicas para entender e envolver a comunidade em seus pilares estruturais: saúde, educação, cultura local, meio ambiente…”, destaca. “Isso gera confiança e pertencimento. Porém, a marca Gazeta é nosso principal ativo, pois resulta de um trabalho maior, de grupo, que se consolida cada vez mais no Estado.”

É justamente esta confiança no trabalho realizado pela Rádio Gazeta que faz a marca estar presente na mente dos gaúchos, citada por 11,8% dos entrevistados. “Hoje em dia, com a enxurrada de informações que se tem, estar na mente da pessoa é um grande marco, é um reconhecimento muito importante e muito bom. É o reconhecimento de um trabalho muito bem feito”, ressaltou a CEO da Engaje Pesquisas e especialista em pesquisa de mercado, Juliana Hendges, em entrevista à Rádio Gazeta.

A Top of Mind é uma pesquisa quantitativa de opinião. Segundo Juliana, o estudo é realizado há 31 anos e já se consolidou como referência no Rio Grande do Sul quando se fala de marcas mais lembradas pelos gaúchos. Neste ano, foram 1,2 mil pessoas entrevistadas, entre 16 e 70 anos, de todas as classes sociais. As coletas foram feitas por meio da internet, assim como no ano passado, refletindo não apenas os avanços tecnológicos disponíveis, mas principalmente respondendo ao momento de pandemia. “A metodologia não muda, a técnica não muda, só muda o nosso meio de coleta”, destacou a especialista.

LEIA MAIS: Rádio Gazeta consolida-se como líder no interior do RS

O público entrevistado integra um painel online de respondentes que a Engaje possui, com mais de 6 milhões de pessoas, com os mais diferentes perfis. As entrevistas da Top of Mind foram realizadas entre março e abril deste ano. Segundo a CEO da Engaje, não há indicação de respostas para os participantes: “A única pergunta que a gente faz é: qual é o nome ou marca que vem na cabeça da pessoa quando ela lembra de rádio, de água mineral, de farmácia, de refrigerante, etc. Então, a gente vai passando pela lista de categorias, sem passar nenhuma opção para o entrevistado. As respostas vêm espontâneas”, disse.

A metodologia reforça a importância de a Rádio Gazeta estar entre as marcas mais lembradas de todo o Rio Grande do Sul. “Significa reconhecimento, o que gera estímulo e confiança no time para criar e vencer novos desafios”, conclui o gerente executivo Leandro Siqueira.

A confiança da pesquisa

A pesquisa tem um grau de 95% de confiança para representar a população do Rio Grande do Sul. “O que isso significa? Se a gente repetir 100 vezes a mesma pesquisa com pessoas diferentes que estão conectadas à nossa base, mas do mesmo perfil, sendo moradoras do Rio Grande do Sul, 95 vezes a gente vai ter o mesmo resultado. Então, a gente tem um grau de confiança muito grande”, salientou Juliana Hendges, CEO da Engaje Pesquisas e especialista em pesquisa de mercado.

>> Acesse a publicação completa da pesquisa

LEIA MAIS: De cada três pessoas, duas ouvem as rádios da Gazeta

Aviso de cookies

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Para saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade.